Plataformas digitais serão veículos de massa, diz VP do Facebook

Tendência: plataformas digitais serão veículos de massa, diz VP do Facebook

Com 1,19 bilhão de usuários ativos, o Facebook, em texto divulgado pelo vice-presidente de marketing de produto, Brian Boland, divulgou quais serão as tendências para este ano. De acordo com o site da Exame, para o executivo, cada vez menos será usado o termo “mídia social”. Em contrapartida, o mercado entenderá que as plataformas digitais são veículos de massa. “A internet está evoluindo para ser um dos meios com maior impacto quando o assunto é engajamento em escala, e capaz de atender aos objetivos de negócio dos anunciantes”, explicou.

Boland comenta que outra novidade interessante é que todos os horários serão nobres, já que os usuários estão ficando mais tempo conectados. “As pessoas gastam mais tempo em seus dispositivos móveis e em plataformas digitais do que em qualquer outra mídia”. Quem pretendo investir, tem que levar em consideração o mobile. O executivo comentou que a estratégia online dos publicitários deve ser sinônimo de estratégia para dispositivos móveis.

Notícias serão priorizadas no feed (Imagem: Nathália Carvalho)

O Facebook acredita que as ferramentas de marketing digital terão peso relevante neste ano e irão nivelar o mercado para negócios de todos os tamanhos. “Parcerias de dados não são mais reservadas apenas para grandes marcas. Pequenas empresas e negócios agora têm acessos a essas ferramentas, ajudando a democratizar o mercado”.

Conteúdo de “alta qualidade”
No ano passado, a rede social de Mark Zuckerberg informou que iria atualizar o algoritmo para priorizar conteúdo jornalístico e artigos no feed dos usuários. Quem falou sobre o assunto foi o gerente de engenharia, Varun Kacholia, e o engenheiro de software, Minwen Ji.

Leia também:  Bolsonaro cria estratégias contra críticas nas redes sociais

“Vamos fazer trabalho melhor de distinção entre artigo de alta qualidade em site contra foto de Meme quando as pessoas clicam nessas histórias pelo celular”, escreveu a dupla no blog da empresa. “Isso significa que os artigos de alta qualidade poderão aparecer com um pouco mais de frequência no seu Feed de notícias e fotos de meme poderão aparecer um pouco menos”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

7 comentários

  1. Caminho natural

    Esse seria um caminho natural para uma rede social que surgiu no seio de uma das maiores universidades do mundo, Harvard, tornar o facebook um serviço de utilidade pública sempre foi o objetivo número um de Mark Zuckerberg, o facebook tem muito a evoluir, e o tem feito de forma consistente e segura, dando passos cada vez mais maduros para talvez se tornar uma rede social que durará por longo e longo período.

  2. A Globo ditava o que o

    A Globo ditava o que o brasileiro deveria ouvir e ver. Agora os ditámenes vem do Palo Alto. O sonho da Internet como ferramenta democrática está cada vez mais distante. Apenas um punhado de empresas americanas concentram toda a audiência mundial (Facebook, Google, Youtube, Twitter) e vasculham todo o conteúdo gerado por usuários; alteram seus algarismos para que cada individuo veja um conteúdo customizado para ele, ou seja, manipulado por terceiros. A rede livre acabou, se eu procuro um termo no Google vem um resultado, se você procura o mesmo termo, o resultado será outro. A luta entre os indivíduos e as corporações está sendo muito desigual. O pior é que a utopía depositada na juventude está sendo rápidamente cooptada pelas empresas. O sonho não acabou, mas desse jeito, está perto do fim.

    • O que a Globo ditava não

      O que a Globo ditava não tinha como ser contestado. Rede Social é uma via de mão dupla, suas palavras são julgadas imediatamente. Por exemplo, se o que você disse acima fosse dito por canal de TV ou Rásio, eu não teria a oportunidade de rebater você, como estou fazendo agora. TV e Rádio é uma via de mão única. 

    • O que a Globo ditava não

      O que a Globo ditava não tinha como ser contestado. Rede Social é uma via de mão dupla, suas palavras são julgadas imediatamente. Por exemplo, se o que você disse acima fosse dito por canal de TV ou Rásio, eu não teria a oportunidade de rebater você, como estou fazendo agora. TV e Rádio é uma via de mão única. 

  3. Algumas evidências
    No dia 11/01, às 10:09 escrevi o seguinte comentário no FB sobre o gráfico manipulado da inflação que passou no Conta-Corrente: “Tenho a impressão que se a gente fizer uma conta de padaria, levando em conta quantas vezes esse gráfico já foi compartilhado e a audiência que cada partilhante tem, é bem possível que a crítica sobre a Globo News já tenha sido mais vista do que o programa em que foi apresentado esse gráfico absurdo. Nesse exato momento em meu alimentador de notícias essa figura já apareceu 4 vezes, vindo de três fontes diferentes. Na que foi originada pelo DCM já foi compartilhada 111 vezes. Na que foi originada por um cara chamado A(…) R(…) são 4242 compartilhamentos e na da Dilma Bolada 4.323 vezes. Isso dá uma ideia do poder de fogo da Internet. O capital informacional ainda é forte por parte da grande mídia, mas a capacidade de elaboração e de proposição de alternativas por aqueles que usam a internet já está se tornando um desafio a esses caras que sempre tiveram o monopólio de formação da opinião pública.”  Nesse momento, 13/01/2013 13:40,  a crítica ao gráfico já apareceu 5 vezes no meu alimentador de notícias, surgindo uma nova fonte: Viomundo. A pouco tempo fiz um novo levantamento e os novos números de compartilhamento são:  89 (viomundo)355 (dcm)9489 (dilma bolada)8414 (A.R) Ou seja em menos de 48 horas o número de compartilhamentos das quatro fontes que surgiram no meu alimentador de notícias saiu de 8585 para 18347. Ou seja, um crescimento de 137%. Para se ter uma ideia melhor do alcance desses compartilhamentos é necessário ter em mente que só uma das fontes, a Dilma Bolada, tem mais de 900.000 seguidores.Não encontrei nenhuma informação sobre a aduiência do programa conta-corrente, mas vou servir-me de um proxy, uma matéria de 2012 sobre audiências de canais pagos (http://blogtvtudo.wordpress.com/tag/audiencia-canal-fechado/). A matéria diz o seguinte: “Em maio, as cinco maiores audiências da TV paga na média das 7h/24h foram jogos da Libertadores no Fox Sports. O jogo mais visto foi o da eliminação do Internacional, pelo Fluminense, visto por mais de 1,2 milhão de pessoas de ambos os sexos e maiores de quatro anos.”Ou seja, mesmo se fizermos a absurda admissão de que o programa conta-corrente teve a mesma audiência de um jogo importante da libertadores, é muito provável que o produto dos compartilhamentos pela audiência não repetitiva de cada um dos compartilhadores seja numericamente maior do a audiência do conta-corrente no dia em que o gráfico foi apresentado originalmente. Por tudo isso, essa previsão do VP do facebook é algo que não deve ser desprezado. 

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome