Presidente da Fundação Palmares defende piada racista de Bia Kicis

"A extrema-imprensa reagiu a essa postagem de Bia Kicis, um ótimo meme, tachando-a de racista", escreveu Sérgio Camargo

Sérgio Camargo e Jair Bolsonaro - Foto: Reprodução/Facebook

Jornal GGN – Após a piada racista da deputada federal Bia Kicis (PSL-DF), o presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, defendeu a publicação da parlamentar, afirmando ser um “ótimo meme”.

Nas redes sociais deste domingo, Kicis publicou uma montagem com o rosto de Sérgio Moro e Luiz Henrique Mandetta, ex-ministros, pintados de negro e sugerindo que ambos poderiam buscar uma vaga de emprego na Magazine Luiza, pelo programa de trainee com recrutamento destinado a pessoas negras, com o objetivo de corrigir a deseigualdade de acesso a oportunidades de trablho.

De tom agressivo e racista, a montagem divulgada por Bia Kicis trazia as mensagens: “Desempregado, blogueiro Sérgio Moro faz mudança no visual para tentar emprego no Magazine Luiza” e “Sem emprego e cansado de errar o pico, Mandetta mudou de cor e manda currículo para Magazine Luiza”.

“Não tá fácil pra ninguém!”, havia escrito a deputada. Após a imediata reação nas redes sociais, com as denúncias de prática de racismo. A parlamentar seguiu atacando a medida da empresa e o Ministério Púbico do Trabalho (MPT), que em decisões judiciais considerou a ação da Maganize Luiza como reparaçao histórica.

“O MPT inclusive vem falar de reparação histórica. Não entendem nada sobre mérito, dedicação e superação. Nem sobre o Brasil ser o povo da miscigenação. Meu único preconceito é com a má-fé esquerdista. Aliás, é pós conceito diante dos fatos.”

E apesar de diversas entidades da sociedade manifestarem em repúdio às declarações da parlamentar, o presidente da Fundação Palmares, que justamente incentiva a preservação da cultura afro-brasileira no Brasil, Sérgio Camargo, apoiou.

Segundo ele, a “extrema-imprensa” teria sido hipócrita ao chamar a publicação de Kicis como ato racista.

Leia também:  Presidente da Fundação Palmares é o porta-voz dos supremacistas brancos e do inquilino que habita a presidência, por Ricardo Mezavila

“A extrema-imprensa reagiu a essa postagem de Bia Kicis, um ótimo meme, tachando-a de racista. Mas aplaude o racismo escancarado do programa da Magazine Luiza, exclusivo para pretos. É hipocrisia! Não se importa com o racismo mas o usa como arma política para difamar adversários.”

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

3 comentários

  1. Esta marionete do “MITO” é formidável, está sempre em forma quando começa a destilar asneiras.
    A turma, ou melhor, quadrilha de bolsominions, terraplanistas de carteirinha entrará para a história como o símbolo máximo da ignorância. Quando se imagina que chegaram ao limite da estupidez, lá aparecem eles pra mostrar que ainda existem muitas manifestações de pura estupidez pela frente.

  2. Dois estrumes; um branco e um preto. Mas ambos subprodutos da parcialidade de moro, dos lavajateiros de curitiba, de uma mídia hipócrita e covarde e de empresários embusteiros.
    Então, pra que dar papo pra estes bostinhas? Que se matem e ocupem seu lugar na latrina da história..

  3. O mais interessante é ter um presidente negro da Fundação Palmares, o que me parece totalmente correto, achando super bacaninha um post totalmente racista lembrando os “Blackface” americanos, de uma dep. de origem judaica e os dois trabalhando para um gov um tantinho nazista…….o Br ta ficando muito complicado

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome