Uso de robôs nas redes sociais: Álvaro Dias, Alckmin e Collor lideram

 
Jornal GGN – Uma pesquisa realizada pela InternetLab com os perfis dos pré-candidatos à Presidência da República nas redes sociais revela que 64,3% dos seguidores de Alvaro Dias (Podemos) são de contas falsas e automatizadas, ou seja, robôs online. 
 
Além do pré-candidato do Podemos, que surge com um comportamento de seguidores avaliado pela pesquisa como “incomum”, também aparecem com altos níveis de robôs ou “bots” seguidores o tucano Geraldo Alckmin com 45,8%, Fernando Collor (PTC) com 40,7%, Marina Silva (Rede) com 36,2%, Jair Bolsonaro (PSL) com 33,8% e Ciro Gomes (PDT) com 33,8%.
 
Nem todos esses números indicam, contudo, que os pré-candidatos ou suas empresas de marketing contrataram o serviço de seguidores automatizado. Isso porque, segundo um relatório da Symantec de 2016, o Brasil é um dos países com o maior uso de bots em redes sociais e hospeda o 8º maior número de bots do mundo.
 
O fenômeno, ainda, é verificado no Brasil desde as eleições presidenciais de 2014 e ocorreu com grande ápice, também, no período do impeachment contra a então presidente Dilma Rousseff, em 2016. “Como mostram tais estudos, descobrir a finalidade e os possíveis controladores de tais perfis exige uma maior investigação”, informou o Instituto.
 

Resultados de seguidores robôs, segundo levantamento do InternetLab
 
Por outro lado, os resultados de Álvaro Dias chamam mais a atenção porque além de ter mais da metade de seus seguidores como robôs, também há uma escassez de computadores ou bots que além de seguirem o pré-candidato, seguem outros. 
 
Além das medidas intencionais de marketing e estratégia eleitoral, há outra explicação para os altos níveis de seguidores no formato de bots: podem simplesmente atuar por palavras-chave, seguindo interesses ou temáticas definidas. Por isso, parte dos mesmos robôs que seguem a um pré-candidato ou político devem seguir outros, independente se são concorrentes diretos ou não.
 
Mas no caso do candidato do Podemos, também houve poucos seguidores bots compartilhados. No gráfico, quanto maior a proximidade entre os pré-candidatos, significa maior quantidade de seguidores em comum:
 
 
“Como esse candidato apresentou uma elevada quantidade de bots estimada para o ser perfil e um padrão de seguidores que difere dos demais, foram levantadas suspeitas de que algo incomum poderia ter ocorrido no seu perfil”, concluiu o InternetLab.
 
Na outra ponta, o pré-candidato que menos robôs aparecem em sua conta nas redes sociais é Guilherme Boulos (PSOL), que tem apenas 14% deste número de seguidores automatizados. João Amoêdo (Novo). Manuela D’Avila (PCdoB) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT) também têm reduzidos números de bots: 22%.
 
Já Henrique Meirelles (MDB), Flávio Rocha (PRB) e Rodrigo Maia (DEM) têm entre 24% e 30% de robôs em seus seguidores online. 
 
 
Abaixo, a íntegra do Relatório da pesquisa em tecnologia sobre seguidores bots de pré-candidatos às eleições 2018 do InternetLab:
 

9 comentários

  1. Legal essa pesquisa
     

    Ela vem complmentar aquela em que a maioria dos entrevistados respondeu a telefonemas de pesquisadores robôs.

    Vamos ter uma eleição em que eleitores robôs elegem candidatos robôs.

    Sendo o voto eletrônico, o  povo só faz figuração.

  2. MENTIRA, MENTIRA, MENTIRA!!!

    Faz anos que eu repito: ESSES ESTUDOS SOBRE ROBÔS DA REDE SÃO TODOS MENTIROSOS!!!

    Na eleição “AÉCIO X DILMA” esses estudos eram feitos e mostravam um “empate” no uso de robos dos dois lados.

    EU FUI EM TODOS BLOGS DE ESQUERDA QUESTIONAR ONDE ESTAVAM OS ROBOS DA DILMA… EU SINCERAMENTE NUNCA VI NENHUM!!!

    A rede é infestada por robôs descarados do Alckmin, basta entrar em qualquer matéria sobre ele no G1 e você identifica os robôs imediatamente. No tuiter também esses robos saltam aos olhos de todos… basta ver nas entrevistas de Alckmin perfis fazendo elogios delirantes.

    DESAFIO ALGUÉM UM AQUI A ME MOSTRAR UM ÚNICO ROBÔ DE LULA OU DILMA TRABALHANDO NO G1 OU EM QUALQUER SITE!!!

    O Facebook e Youtube são completamente infestados por robôs do MBL, PSDB e Bolsonaro… não é preciso ser gênio para perceber… é só entrar em qualquer matéria da Globo sobre os candidatos.

    Os robos da esquerda devem estar de férias ou ficaram presos no Orkut! Geralmente os comentaristas em sites de esquerda são as mesmas pessoas em todas as redes… não tem robô nenhum!

    Esses estudos usam alguma fórmula para mascarar a verdade: 50% dessa “modinha de direita” são robôs!

     

  3. Aécio continua com 4 milhões

    Aécio continua com 4 milhões de seguidores no fasciburro desde 2014. O Partido Novo tem quase 2 milhões (muito mais que boçalnato, mesmo sem seus robôs) e mal chega a 1% nas pesquisas eleitorais piguentas. De vez em quando dou uma espiada lá nesse Novo e as postagens diårias são pouquíssimas e os comentários escassos. Dizer que esse partido tem poucos robôs fez perder toda a credibilidade dessa pesquisa.

  4. Isso não quer dizer nada pois

    Isso não quer dizer nada pois robôs não votam,Alckmin tem seguidores e eleitores reais!!

    • robôs não votam, mas influenciam

      Claro que significa e muito a presença ilegítima, suja mesmo, de robôs nas redes sociais. Eles falsificam as inenções de votos e com isto criam uma tendência que muitas pessoas consideram como válida e com isto alteram suas intenções de voto.  Infelizmente muitas pessoas, marcadamente pouco preparadas, votam em quem tiver maior possibilidade de ganhar com um péssimo comportamento político caracterizado com “não perder o meu voto”.  A criação dos dois turnos deveria significar uma politização da população e inclusive uma forma séria de evidenciar os nichos políticos para quem quisesse se agregar a um núcleo político mais forte pelo número de pessoas que o adotassem.  Com a falsificação promovida pelos robôts se cria a possiblidade ilegal de quem tem mais dinheiro influenciar estas pessoas “indecisas” que se decidem em função de quem tem mais possibilidade de ganhar.  É a pura sujeira da influência econômica nas eleições. É uma atitude covarde porque burla a decisão que já foi tomada pelo STF de que não se pode comprar os votos gastando dinheiro nas eleições e então gastam dinheiro falsificando as tendências.  E como pode, mesmo, um governador de péssima qualidade, pejado de acusações graves como o caso do Metrô, o caso do Tieté entre outros, ter seguidores reais?  Não é o que se vê quando surge uma pesquisa eleitoral até mesmo pouco séria como a “datafalha” e mostra que os números dele ficam lá embaixo.

  5. Alckmin presidente

    Essa história é complicada, será que me contaram como robô? Sou um jovem de 26 anos empreendedor do interior de SP acompanho Geraldo Alckmin e conheço a sua honestidade e trabalho! Sou youtuber João rinoceronte, pesquise e veja se sou ou não robô! #Alckmin2018

    • De qual conta de propina sai seu pagamento?

      É claro que você não passa essa vergonha de graça. 

      A dúvida é de onde sai o dinheiro da campanha do Santo? 

      – será que vem dos 23 milhões de Serra na Suíça?

      -será que vem das 3 contas de Aécio Neves em paraísos fiscais?

      -será que vem da conta de 116 milhões de Paulo Preto?

      -ou será da própria propina do Santo da Odebretch?

      Eu apoio a campanha do PSDB. Vai ser engraçado ver o Santo respondendo sobre a propina nos debates. 

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome