Cade dá aval para empresa chinesa comprar fatia da CPFL

Jornal GGN – Na semana passada, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) deu aval para a chinesa State Grid compra em torno de R$ 6 bilhões da  fatia da Camargo Corrêa na CPFL Energia, a maior companhia elétrica privada do país.

A empresa chinesa, a maior elétrica do mundo, afirmou para o Cade que é possível que o negócio também envolva a compra de parcelas de outros sócios da CPFL, fazendo com que o valor total supere R$ 25 bilhões e tornando a State Grid como única acionista da empresa.

Ao analisar o processo, o Cade disse que os mercados onde a CPFL atua (geração, transmissão, distribuição e comercialização de energia) estão sujeitos à “intensa regulação por parte da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o que diminuiria a possibilidade de um comportamento anticompetitivo após a negociação.

Outros controladores da CPFL – Previ, o fundo de previdência dos funcionários do Banco do Brasil e a Bonaire, representante de diversos fundos – irão ter a opção de continuar na empresa ou fazer uma venda conjunta de suas participações para a State Grid.

A companhia chinesa no mercado brasileiro em 2010, quando adquiriu ativos de transmissão de energia por quase US$ 1 bilhão. Apesar do aval do Cade, a conclusão do negócio ainda precisa de aprovação da Aneel.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Negligência do governo com o meio ambiente prejudica investimentos, por Eugenio Singer

3 comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome