Via Varejo vai fazer oferta de ações na bolsa

A família Klein oficializou ao Grupo Pão de Açúcar o seu interesse de realizar uma oferta pública de distribuição de ações. A decisão foi comunicada em carta encaminhada ao grupo após o fechamento do pregão da última sexta-feira.

 

Segundo fato relevante divulgado ao mercado, o Pão de Açúcar e a Via Varejo receberam correspondência de Samuel Klein, Michael Klein e Eva Lea Klein (denominado Grupo CB no documento), na qual desejam que sejam tomadas as providências necessárias para que Via Varejo realize uma oferta pública de distribuição de ações, com vistas a incluir em referida oferta 53.781.298 ações de titularidade do Grupo CB, representativas de aproximadamente 16% do capital social de Via Varejo S.A.

 

Às 13h45, o papel PCAR4 operava em queda de -0,39% na Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo), cotado a R$ 109,32. A perda acumulada no mês chega a -1,22%, mas a valorização anual chega a 21,68%.

 

O banco Bradesco BBI foi contratado pelos Klein como coordenador da oferta. A partir daí, a Via Varejo deverá tomar as providências necessárias, como a indicação de um segundo banco coordenador da oferta, no prazo de 30 dias, a quem caberá, inicialmente, analisar a viabilidade da realização da oferta solicitada.

 

Segundo informações do jornal Valor Econômico, a venda de 53,8 milhões de papéis ordinários representa 35,46% das ações que os Klein possuem na Via Varejo – pouco mais de um terço do total de papéis nas mãos da família. Esse número ainda representa 16,66% das ações do grupo (a maior parte das ações pertence ao Grupo Pão de Açúcar). Ao ser colocada no mercado, apenas esta parcela do lote dos Klein elevará consideravelmente o free float da empresa (ações negociadas em bolsa), de 0,6% para 17,2%.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome