70 anos de prisão: PF usa enquadramento penal para pressionar hacker

Segundo O Globo, a PF quer que hacker seja condenado por cada invasão em conta de Telegram, descartando tese do "crime continuado"

Jornal GGN – Para pressionar o hacker Walter Delgatti a contar mais detalhes e revelar mais vítimas de invasões em contas de Telegram, a Polícia Federal ameaça imputar ao suspeito mais de 70 anos de prisão.

Segundo O Globo, a ideia da PF é sugerir que o hacker seja condenado por cada um dos ataques a celulares de autoridades. Até agora ele já confessou 14, mas os investigadores têm indícios de que foram mais de 1 mil números invadidos.

Considerando as 14 vítimas, “a soma das penas máximas a ser aplicadas por interceptação de comunicação chegaria a 56 anos. O artigo 10 da Lei n° 9.296/96 prevê reclusão de dois a quatro anos para quem interceptação de comunicação ilegalmente. As invasões de dispositivos de informática, que podem ser punidas com até um ano de prisão, resultariam em mais 14 anos de cadeia. Só por estes dois crimes, a pena poderia bater à casa dos 70 anos. O hacker, porém, disse ter acessado aparelhos de ‘procuradores’ do Rio de Janeiro e da Operação Greenfield, que ocorre em Brasília”, descreveu O Globo.

Cabe ao Ministério Público, após a apuração da PF, pedir à Justiça o enquadramento penal.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Xadrez para entender o ato de Toffoli requisitando os dados do COAF, por Luis Nassif

7 comentários

  1. Se seguirem a metodologia de Moro, com uma delação contra o PT e Greenwald a condenação cai para 2 anos, com direito a tornozeleira apenas à noite….rsrsrsrs

    4
    1
  2. A pf do seo moro tem o script pronto. O seo moro de volta dos steits está com o roteiro da cia: o mandante da espionagem é o Grande Presidente Lula e a prova um pedacinho de papel higiênico da cela entregue a…..
    Delação premiada em dinheiro depositado no……

    2
    1
  3. Comecou a gigolagem…

    Pelo bem DA CARREIRA de delegados da PF…

    Pensando bem, nao eh que eles REALMENTE estao aa “altura” do FBI?

  4. È o método trolha a jato fazendo escola……

    E desde quando policia imputa pena a alguém? Já aboliram o devido processo legal???

  5. Assim que ele implicar Lula e o PT as provas serão destruídas e o molequinho será solto “por falta de provas”, porque os objetivos da operação já terão sido alcançados.
    Spoofing é um nome bastante sugestivo para a operação.
    Aliás, a polícia federal deve ter um assessor específico somente para nomear operações, porque acerta sempre.
    A palavra spoofing soa como puff, bufa, saída de gases e bem representa a operação, que é barulhenta como um peido, fedida como um peido e vai terminar como peido pois, como sabemos, muito peido é sinal de pouca bosta.

  6. Nassif: esse Hacker é uma besta. Tão dando a ele a oportunidade que deram às Construtoras. Lá, era só dizer SapoBarbudo, ou Lula, ou MelianteOperárioNordestino. Os caras até ganharam benefícios em ParaisosFiscais pela “delação expontânea”. Agora tá até mais simples: GreenWald. Somente isto…

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome