A cidade vira estoque a ser explorado, diz Wisnik sobre a mineração

Wisnik fez uma reflexão entre a obra de Drummond e a história da mineração, destacando a dimensão política de que a arte e a cultura se investem hoje

Do CEE Fiocruz

O escritor, professor, músico e ensaísta José Miguel Wisnik conversou com o blog do Centro de Estudos estratégicos após aula inaugural ‘Mariana e Brumadinho – fraturas expostas’, realizado no auditório do Museu da Vida, em 25/03/2019, na Fiocruz. Wisnik fez uma reflexão entre a obra de Drummond e a história da mineração, destacando a dimensão política de que a arte e a cultura se investem hoje. “Temos um encontro entre a história do poeta e a história da Vale que se chocam ao longo do processo de exploração do Pico do Cauê (MG)”, diz.

Assista ao vídeo abaixo.