A destruição de um sobrado do século XIX através do Conselho de Desenvolvimento Urbano do Recife

 

 

https://www.youtube.com/watch?v=GO2HCKTj8GY&feature=youtu.be align:center

 

 

Por Márcio Erlich I Filmagem exclusiva: Juliana Ramos

 

Trator nesta tarde no sobrado do séc. XIX, onde funcionava a Padaria Capela, na av. Rosa e Silva x Rua Amélia.

Isso é vergonhoso! Resultado apoiado por esta gestão da Prefeitura, quando todos os conselheiros que representam o município no Conselho de Desenvolvimento Urbano votaram em dez/2014 para que o imóvel não fosse protegido como Imóvel Especial de Preservação.  

Relembrando o lamentável argumento da colega arquiteta – Emília Avelino – representante da Secretaria de Controle Urbano no CDU, naquela reunião de dez/2014, que não reconheceu valor no sobrado por que não estudou isso na faculdade. Nas palavras dela:  “As casas modernistas têm maior significação pra mim, por ter estudado na faculdade, do que a padaria Capela”. isso e um pouco mais aqui: O Sobrado 651 da Rosa e Silva e o problema na preservação de novos edifícios no Recife

 

Foto: Leonardo Cisneiros I Direitos Urbanos

 

Belize Câmara I Direitos Urbanos I Recife

(Promotora do Ministério Público de Pernambuco – MPPE)

 

Em breve (provavelmente esse fim de semana e feriado) vão demolir a Padaria Capela (esquina da Rosa e Silva com a Rua Amélia), um sobrado do século XIX, para que em seu lugar funcione um… estacionamento!! 

O imóvel estava protegida por uma liminar, que foi cassada dias atrás pelos desembargadores do Tribunal de Justiça de PE (Ricardo Paes Barreto, Francisco José dos Anjos Bandeira de Mello e José Ivo de Paula Guimarães). 

Detalhe: o princípio da prevenção/precaução, que vigora na proteção do meio ambiente e do patrimônio histórico cultural, imporia que a demolição se mantivesse suspensa pelo menos até a sentença de primeira instância, onde tramita a ação. Mas a ideia realmente é criar o fato consumado irreversível.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora