A dificuldade de ex-governantes,em ficar longe dos holofotes.

Lendo quase que diariamente,as constantes declarações do ex-presidente(em minúsculo mesmo,assim como a sua pessoa) FHC,fico tentando entender,o porque da sua insistente ladainha de que tudo o que de bom aconteceu nos últimos tempos no Brasil,foi iniciado em sua gestão,e que o PT e o Lula,apenas estvavam “no lugar certo e na hora certa”quando da maré boa.

Claro que houve alguma movimentação política em prol do desenvolvimento brasileiro,nos seus 8 anos de governo,porem com a utilização(ou tentativa de)do neo-liberalismo em nosso país,o que se viu na prática,foi uma corrida às privatizações em massa,de empresas estatais de grande valor agregado,que estavam apenas sendo mal administradas.

Foi feito um grande alarde sobre a inoperancia destas empresas,e assim os contribuintes foram convencidos de que somente nas mãos de empresários privados,elas alavancariam,o que não era a verdade.

Foram “dadas”ou “doadas”as joias da coroa,e o Brasil continuou de pires nas mãos,pedindo socorro ao FMI,e seguindo a cartilha neo-colonialista daquela organização,e o nosso povo,cada vez mais pobre.

A mudança radical,empreendida pelo governo Lula,era o que faltava para o Brasil desenvolver suas potencialidades e tirar o seu povo da condição de mero assistente,e dar-lhe a condição de cidadania.

Feito isso,e com o benaplácito da maré boa da economia mundial,restou ao governo Lula,administrar com austeridade e colocar o consumidor interno,no mercado de consumo, e “sair pro abraço”

E o que faz,diuturnamente aquele ex-presidente,do alto da sua sapiencia e seu doutorado em sociologia ?

Critica a tudo o que deu certo;

Quer seu nome na lista de crédito, das coisas que deram certo;

Quer voltar a disputar cargos majoritários;

Leia também:  GGN Covid Brasil: novos casos explodem no centro-oeste

Provoca o ex-Presidente Lula,para nova disputa,como se não houvessem mais ninguem para ocupar tais cargos;

Morre de inveja,pelo alto índice de popularidade(interna e externa)do Lula;

Menospreza o poder da classe pobre(eleitoralmente falando)e “atiça”seu partido,para buscar apôio entre a classe média e média alta.

Vou pedir permissão,para repetir aqui,a quela frase do Primeiro Ministro espanhol,dirigida ao Pres. Chaves: “porque não te calas,FHC ?”

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome