A emocionante homenagem a Malu Cooper, que nem jiló

    Fuçando no Youtube, encontrei o vídeo com os corais Amigos do São Vicente, São Vozes, São Vicente a Cappella e o grupo de ex-coralistas do SVAC homenageando uma certa Malu Cooper.

    Recorro ao Google para descobrir quem é a homenageada. Descubro que era uma professora de canto, formada na UNI-Rio e, desde 1993, atuando em vários grupos vocais. E vejo que faleceu em 2012. Portanto, o show foi em memória dela.

    Dos arquivos da Internet vejo que desde 2008, pelo menos, ela estava doente.

    Um post de 24 de novembro, do Blogspot, tinha por título “Estamos começando”:

    “De tudo na vida,ficaram três coisas:
    A certeza de que estamos sempre começando;
    A certeza de que precisamos continuar;
    A certeza de que seremos interrompidos antes de terminar.
    Portanto, devemos:
    Fazer da interrupção um caminho novo;
    Da queda, um passo de dança;
    Do medo, uma escada;
    Do sonho, uma ponte.”

    (Fernando Pessoa)
    Maria Luísa foi operada hoje e tudo correu bem.
    Está em companhia de sua família.

    O Blog teve apenas dois posts. Ambos informando de sua operação e melhora.

    No Facebook, Malu Cooper é um perfil vazio. Não há foto, não há nada na linha do tempo, nem amigos relacionados. Mas descubro que foi autora de um método de canto que “usa o suingue da música popular nos exercícios de técnica vocal especialmente compostos para esta obra”.

    Não levantei mais dados. Mas acredito que Malu Cooper deveria ser uma mestra excepcional. Perdido no Youtube, com apenas 286 visualizações, a música que os discípulos escolheram para homenageá-la. E uma das emocionantes interpretações de canto coral que o Youtube já abrigou.

    Vendo a alma brasileira expressa na música, na interpretação e em uma singela professora de nome Malu Gaspar, aumentou minha certeza de que eles não passarão. O Brasil não se deixará dobrar.

    PS – Não parem na primeira apresentação. A repetição é ainda mais bonita.

    Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

    Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

    Apoie agora