A inclusão de alunos da APAE é a solução definitiva

Por Pedro Vieira

Comentário ao post “A campanha da Federação das APAEs contra educação inclusiva

Pessoal, respeito todos os pontos de vista mas me vejo obrigado a compartilhar minha experiência.

Tenho uma menininha de 8 anos com síndrome de down, a Ritinha, meu tesouro. Já frequentei APAE e ensino regular em escola particular com minha filha e digo: não há comparação! Minha filha se desenvolveu mais rápido e melhor no processo inclusivo. Esta segregação que havia na APAE não acho legal, não é bom pras crianças, elas perdem a referência.

Tive dificuldade no início para conseguir a inclusão, recorri ao MP, achamos um caminho, um meio, não foi fácil mas vale a pena.

Com todas as dificuldades e diferenças vejo o processo de inclusão como a solução definitiva. O que pode e deve melhorar é a educação complementar, como as entidades de AEE (atendimento educacional especializado) podem melhor ajudar no processso, porque estas entidades preparam as crianças para frequentar o ensino regular, inclusive apoiando os professores e ajudando na construção do projeto pedagógico.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome