Home Notícia A precarização da balança comercial brasileira, por Luis Nassif

A precarização da balança comercial brasileira, por Luis Nassif

2
A precarização da balança comercial brasileira, por Luis Nassif

Acompanhe o roteiro de gráficos para entender a precarização da balança comercial brasileira. Conhece-se o nível de desenvolvimento do país pela pauta de exportações. Se há preponderância de produtos com maior ou menor intensidade tecnológica, se há maior volume da indústria de transformação etc,

Gráfico 1 – por aqui se vê a composição das exportações brasileiras. Há um aumento dos produtos agropecuários e da indústria extrativa e uma queda na Indústria de Transformação. Mesmo assim, a Indústria de Transformação parece preponderante.

Gráfico 2 – os dez produtos mais exportados da Indústria de Transformação.

Confira que todos são subprodutos de commodities, com baixíssima agregação de valor.

Gráfico 3 – a composição do saldo comercial

Mesmo com a pauta sendo ocupada apenas por produtos commoditizados, ainda assim a Indústria de Transformação é deficitária.

Gráfico 4 – em relação à Indústria de Transformação, o maior volume é de Bens Intermediários, meros componentes para a fabricação de produtos acabados.

Gráfico 5 – a parte mais nobre, exportações de bem de capital, naufraga,

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

2 COMMENTS

  1. Não computa os últimos 12 meses, exatamente onde houve uma explosão nas exportações, com os preços de commodities batendo nas alturas. De janeiro a junho de 2021 o saldo na balança comercial ultrapassou os 50%. Prova é que o dólar vem caindo forte.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

GGN
Sair da versão mobile