A recuperação medíocre da indústria e a sobrevivência de Bolsonaro, por Luis Nassif

Nos próximos dias se saberá melhor como Bolsonaro escapará da armadilha entre conseguir recursos para a renda básica e não superar o teto.

Agência Brasil

Em agosto, a indústria como um todo subiu 3,25%. Mas, em relação a 6 meses atrás está 2.61% menor e 1,04 menor do que 12 meses atrás.

Mas há que se dividir entre a indústria extrativa e a de transformação. A extrativa tem pouco valor agregado, pouco impacto sobre emprego e sobre o nivel de atividade. A de transformação, apesar de uma enorme redução na última década, é a que reflete melhor o dinamismo da economia.

As extrativas subiram 2,55% em agosto, 9,55% nos últimos 6 meses e -2,13% em relação a 12 meses. Já a indústria de transformação subiu 3,53% em agosto, mas está 2,85% abaixo de 6 meses atrás e 0,82% abaixo de 12 meses atrás.

Na análise da indústria por estado, os dados estão disponíveis até julho. E mostram que, de março para cá, apenas Bahia e Rio de Janeiro tiveram algum crescimento. Mesmo assim, no caso do Rio, em cima de uma base achatada pela crise dos últimos anos.

Em 12 meses, as maiores quedas foram de estados com melhor índice de industrialização.

E a única alta foi Goiás, com 3,8% de crescimento.

Na Indústria de Transformação, agosto foi um mês de alta para todos os setores em relação a julho.

De julho para cá, cresceram apenas os setores que produzem para consumo doméstico. 

Em cima desse nó, o governo Bolsonaro não consegue definir uma estratégia sequer de enfrentamento da crise. O Ministro da Economia, Paulo Guedes, hoje em dia, é apenas um papagaio que fala muito, mas tem papel decorativo.

Ontem, em live na frente do Palácio, Bolsonaro deixou claro quais são os novos setores prioritários.

1o – O Supremo Tribunal Federal.

Na fala, disse com todas as letras que precisou ceder, na nomeação do próximo Ministro do STF, devido aos riscos que corre seu filho Flávio Bolsonaro, podendo ser preso devido às rachadinhas. Por aí se entende ele ter levado o candidato à próxima vaga a pedir a bênção de Gilmar Mendes – o mais poderoso e político dos Ministros do STF.

Com a faca no pescoço, Bolsonaro não atrapalha o pacto entre STF e mercado, que culminou com  ato irresponsável de aprovar a venda de subsidiárias de estatais, como maneira de driblar as restrições impostas pela Constituição – que exige aprovação do Congresso para a privatização.

Domado o bicho, tenta-se rearticular o pacto ultraliberal entre STF, mercado, centrão e PSDB, que foi o fio condutor da desestabilização política brasileira, que culminou com o impeachment de Dilma. Bolsonaro permanece enquanto não atrapalhar.

2. O Centrão.

Embora tenha sido festejado por advogados liberais e por Ministros do próprio STF, o verdadeiro padrinho da candidatura de Kassio Nunes foi o Centrão e o amplo sentimento anti-Lava Jato que passou a dominar o Congresso e as cortes superiores.

Antes, o fator de agregação era o anti-lulismo. Agora é o anti-lavajatismo. Fica a lição de como meia dúzia de rapazes deslumbrados conseguiram destruir a economia, a imagem do Ministério Público Federal e sua própria imagem. Foram usados e jogados fora.

3. As Forças Armadas.

Bolsonaro aproveitou as ameaças de retaliação econômica de Joe Biden para reforçar a necessidade de Forças Armadas fortes, para defender a Amazonia. Nenhuma potência vai invadir a Amazônia. E, se invadisse, destruiria a defesa brasileira com um peteleco. A única ameaça à Amazônia foi confessada por Bolsonaro ao ex-vice-presidente americano Al Gore, ao oferecer a exploração da Amazônia aos Estados Unidos – sem saber que Gore é um dos expoentes da luta ambiental.

Nos próximos dias se saberá melhor como Bolsonaro escapará da armadilha entre conseguir recursos para a renda básica e não superar o teto.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Mundo supera marca de 2 milhões de mortes por covid-19

10 comentários

  1. Desgoverno a todo vapor com aprovacao de um bando de ifiotas, lesa patria.

    Vergonha, esse bando de canalhas, canalhas, canalhas. Exu de Lei neles.

  2. Mas acho que seu Guedes não chega ao próximo sábado, sei lá , palpite.
    O STF segue sendo o principal ator e vai ser enquanto os atores políticos o chamarem até para apitar as peladas de Sábado e continuarem a se meter em encrencas.

    • Vou repetir comentário que fiz: quem assistiu o Guedes falando dos fura tetos, pode até achar que se referia ao Marinho (apesar “de não acreditar que o ministro tenha dito isto”), mas acho que era pro Jair.

      • Sim, afinal “fins ou razões eleitoreiras” não é recado para o Marinho.
        Como é um bando de malucos com 52% batendo palmas, talvez Guedes não se tenha dado conta do “papo reto” que disse.
        Ou o capetão amilicianado não tenha percebido…

  3. Há que se considerar que nesta retomada econômica, há um rearranjo momentâneo que não se repetirá com a mesma constância, logo adiante. Pessoas que compraram geladeiras, fogões e móveis, para se ajustar a necessidade de trabalho e maior consumo em suas casas. Só que uma geladeira se troca a cada década. As reformas em cômodos ou a mudança para um imóvel maior, também se dá muito esporadicamente. Bastou um pouco de aumento na dispensa das pessoas e o desabastecimento de certos produtos, já apontam o risco de inflação, desabastecimento e carestia. Penso que este fator, em alguns meses tornem o solo tão quente, que vai virar um inferno onde Bolsonaro não aguentará pisar por muito tempo. Faltam-lhe planos para voar e ainda tem o peso dos rolos da família, a lhe fixar no solo.

    • Apesar de ter havido um aumento na dispensa de pessoas, o que traz mais desalento e desesperança, afetando o quadro, o vocábulo correto é na ‘despensa’, pois o aumento de refeições e consumo nos domicílios, se fez necessário, não deixando de lado a afetação que tenha causado no mercado de alimentação fora do lar, onde há locais que já há encerramento de bares e restaurantes, por volta de 1/4 do número pré-pandemia.

  4. SOLTANDO O BRAÇO.03/10/2020 às

    O pé no traseiro de Paulo Guedes do Governo deverá causar abalo no mercado financeiro,principal avalista dele.Comungo com Nassifão em relação ao conhecimento de Guedes e sua trupe,sobre políticas públicas.Não sabem porra alguma.Confuso,atrapalhado,boquirroto,principalmente mal intencionado.Essa equipe dele,em que 4 ou 5 já pularam fora,é outro desastre ferroviário.Destaco esse Affif Domingos.Ultrapassado,melifluo,pior,esconde atrás da cara de Vovô Noel,um extremista de direita.Sempre foi.Alem dos adjetivos que dediquei a Guedes acima,faltou um.Desmoralizado.Um super Ministro ou até um homem,não ouviria calado as palavras de médio calão,desferidas contra ele por um cretino chamado Rogério Marinho.Perdeu a serventia.

    Há alguma coisa errada no Reino da Dinamarca,quero dizer no Reino do Meio Ambiente.Quem segura e quais interesses estão por trás desse mafioso Ricardo Salles.Opera para o miliciano Pai,+ o 01,02,03 e 04(em estágio probatório)?Meus amigos de mentirinha,o que tem de grana rolando por debaixo dos panos,é de espantar qualquer boiada.Por muito menos,enxadrezaram Don Altobello.

    Esse jornalista da Folha de São Paulo,Hélio de Tal é meio parafuseta,as vezes dá uma no cravo outra na ferradura.Enquanto ele torcer para que Trump ganhe os quintos dos infernos,nada contra.Quanto a venda da Amazônia Ilegal,ele tá dormindo de toca.A venda da Amazônia Ilegal,já foi privatizada em 12 módicas parcelas .Em novembro deve está vencendo a décima primeira.Se ligue mano.

    Essa juíza da máfia curitibana que atende pelo nome de Gabriela Hart,na verdade nunca teve cara de juíza,apesar do vale tudo implantado por lá.Sabe de que ela tem cara:Relações Públicas de Não vou dizer o resto para não quebrar o decoro parlamentar.

    Esse Senador gaúcho Lasier Martins ,tem todas as características,inclusive o rosto, do Chefe da Propaganda do III REICH Hitleriano,Joseph Goebbles.Olhe o sacana de perto e veja se tenho razão.

    Desconheço se o Senado da República obriga os Senadores eleitos a obrigatoriedade de submeterem-se ao exame de Cintilografia de Perfusão Cerebral.Parece que não.Se exigido fosse,Jorge Kajuru não subiria nem o elevador.

    A Deputada Joice Halsselmann em depoimento à CPI das Fake News,afirmou peremptoriamente que Jair lhe teria perguntado se a recém eleita Deputada Carla Zambelli,rodava a bolsinha na Espanha,para ganhar o pão nosso de cada dia.Merecemos ou não mudarmos o nome para Republica Federativa da Ladrolândia.

    Um País que elege Janaína Paschoal com mais de 2 milhões de votos,merece que todos seus concidadãos e concidadãs,devem por Lei,extraírem seus dentes sem anestesia.

    Estamos conversado.

  5. SOLTANDO O BRAÇO.03/10/2020 às 15:11 hs.

    O pé no traseiro de Paulo Guedes do Governo deverá causar abalo no mercado financeiro,principal avalista dele.Comungo com Nassifão em relação ao conhecimento de Guedes e sua trupe,sobre políticas públicas.Não sabem porra alguma.Confuso,atrapalhado,boquirroto,principalmente mal intencionado.Essa equipe dele,em que 4 ou 5 já pularam fora,é outro desastre ferroviário.Destaco esse Affif Domingos.Ultrapassado,melifluo,pior,esconde atrás da cara de Vovô Noel,um extremista de direita.Sempre foi.Alem dos adjetivos que dediquei a Guedes acima,faltou um.Desmoralizado.Um super Ministro ou até um homem,não ouviria calado as palavras de médio calão,desferidas contra ele por um cretino chamado Rogério Marinho.Perdeu a serventia.

    Há alguma coisa errada no Reino da Dinamarca,quero dizer no Reino do Meio Ambiente.Quem segura e quais interesses estão por trás desse mafioso Ricardo Salles.Opera para o miliciano Pai,+ o 01,02,03 e 04(em estágio probatório)?Meus amigos de mentirinha,o que tem de grana rolando por debaixo dos panos,é de espantar qualquer boiada.Por muito menos,enxadrezaram Don Altobello.

    Esse jornalista da Folha de São Paulo,Hélio de Tal é meio parafuseta,as vezes dá uma no cravo outra na ferradura.Enquanto ele torcer para que Trump ganhe os quintos dos infernos,nada contra.Quanto a venda da Amazônia Ilegal,ele tá dormindo de toca.A venda da Amazônia Ilegal,já foi privatizada em 12 módicas parcelas .Em novembro deve está vencendo a décima primeira.Se ligue mano.

    Essa juíza da máfia curitibana que atende pelo nome de Gabriela Hart,na verdade nunca teve cara de juíza,apesar do vale tudo implantado por lá.Sabe de que ela tem cara:Relações Públicas de Não vou dizer o resto para não quebrar o decoro parlamentar.

    Esse Senador gaúcho Lasier Martins ,tem todas as características,inclusive o rosto, do Chefe da Propaganda do III REICH Hitleriano,Joseph Goebbles.Olhe o sacana de perto e veja se tenho razão.

    Desconheço se o Senado da República obriga os Senadores eleitos a obrigatoriedade de submeterem-se ao exame de Cintilografia de Perfusão Cerebral.Parece que não.Se exigido fosse,Jorge Kajuru não subiria nem o elevador.

    A Deputada Joice Halsselmann em depoimento à CPI das Fake News,afirmou peremptoriamente que Jair lhe teria perguntado se a recém eleita Deputada Carla Zambelli,rodava a bolsinha na Espanha,para ganhar o pão nosso de cada dia.Merecemos ou não mudarmos o nome para Republica Federativa da Ladrolândia.

    Um País que elege Janaína Paschoal com mais de 2 milhões de votos,merece que todos seus concidadãos e concidadãs,devem por Lei,extraírem seus dentes sem anestesia.

    Estamos conversado.

  6. Só há duas soluções para Bolsonaro, ou ele golpeia usando as forças armadas, instituindo um governo fascista pleno e implanta uma política de intervenção na economia tipo fascista ou ele cai.
    Só que para isso ele teria que ter apoio integral das forças armadas, se não tiver seu governo definhará até que chegado a um nível de popularidade menor que 10% o congresso aplica um impeachment ou mesmo o judiciário o caça.
    Isto deverá ocorrer no próximo ano, pois dessa forma o presidente da câmara ocupa o cargo até as eleições de 2022. Esse governo de transição será pior do que o governo Temer, fraco, sem ação e com a economia em crise.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome