A reprovação no exame da OAB

Como se explicar um nível tão alto de reprovação? Alguma coisa está errada.

(Os destaques são meus)

Do G1

Sai resultado do Exame de Ordem 2010 da OAB

Segunda fase teve 46.946 participantes. Avaliação é alvo de ação que corre na Justiça Federal do Ceará.

Do G1, em São Paulo

A Fundação Getulio Vargas (FGV) divulgou o resultado final da segunda fase do segundo Exame de Ordem 2010 da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A previsão inicial era de que a divulgação ocorresse somente nesta sexta-feira (14).

A avaliação é alvo de uma ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público Federal do Ceará, em 11 de janeiro, que corre na Justiça Federal do Ceará. A ação pede a suspensão da divulgação do resultado final do exame, além da recorreção e divulgação dos espelhos de todas as provas prático-profissionais (segunda fase) do exame, a concessão de prazo para a interposição de recursos e a melhor estruturação dos sites da OAB e da FGV, responsável pela aplicação e correção da prova.

A assessoria de imprensa da Justiça Federal informou que até esta quinta-feira (13) não havia qualquer decisão sobre a ação.

Prova
O Exame de Ordem reprovou 88% dos cerca de 107 mil candidatos. A segunda fase teve 46.946 participantes. Professores de cursos preparatórios para o exame e estudantes criticaram a correção da prova prático-profissional. Disseram que a correção foi injusta, subjetiva e não seguiu o gabarito.

Na ocasião, a FGV afirmou que houve apenas erros nos padrões de resposta divulgados, mas que os mesmos haviam sido corrigidos.

A FGV foi procurada pela reportagem do G1, mas ainda não retornou ao pedido de informações.

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador