Desabafo sobre as contradições entre a vida que desejo e a vida real, ai!

Levanto com frequência a necessidade de estarmos alinhados às transformações do bem e para o bom e, neste mundo que anda em ebulição de ódio, caminho mais simples, sou questionada e taxada de maluca. É mesmo um tanto quanto louco acreditar e trabalhar por cenários mais positivos enquanto tem criança sendo morta por segurança em porta de “restaurante”, confesso que cansa e muito. 

Mas já estive do lado oposto, aquele que incentiva o nervosismo, numa inquietação neurótica e violenta e, garanto, dá muito mais trabalho: a mente não descansa, o pensamento negativo não te deixa dormir e, pior, você sabe que não vai mudar porque mudar, meu caro, exige tempo e dedicação, energia física mesmo. Daí, já que vamos gastar energia, que seja investindo no que faz crescer, não é mesmo? Mas cansa, porque a gente, este grupo de pessoas que acredita no bem e que quer efetivamente colocar a mão na massa, ainda tem um tanto de desorganização, de desencontro, de falta de referência mesmo, pra formar uma tese segura a ponta de ser seguida. 

Lembrete importante: toda tese segura a ponto de ser seguida já teve seus dias de dúvida. 

Vale, então, seguirmos apoiados naquilo que acreditamos, mesmo que alimentados por uma fonte ainda invisível (como essa aqui, por exemplo) e, quem sabe, da qual não iremos beber tão diretamente por aqui, na Terra, isso porque a grande parte das pessoas que se movimentam neste sentido, as que estão sentindo essa crise latente, têm entre 30/45 anos e estas mudanças são tão enormes que pode ser mesmo, sem drama algum, que a gente não esteja mais vivo, simples assim. 

Mas vale a luta, vale a batalha e vale, especialmente, o tal do sono dos justos, aquele que permite colocar a cabeça no travesseiro, respirar e dormir, despreocupado com a coerência entre o que a gente acredita e o que pratica. 

Ufa! 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora