Aeronave da Air Índia estava a 90 segundos de distância do Airlines Flight MH17

THE TIMES OF INDIA

O vôo da Air India Dreamliner que vai de Delhi para Birmingham estava a menos de 25 km de distância da aeronave da Malásia  – distância essa que um Boeing 777 Dreamliner leva cerca de 90 segundos para percorrer – quando a aeronave do Vôo MH17 foi atingido. Devido a essa proximidade, o controlador de tráfego de  Dnipropetrovsk (Ucrânia) pediu aos pilotos indianos que tentassem estabelecer contato com os pilotos do avião da Malásia, que havia deixado de responder aos seus contatos.
Minutos antes do acidente causado por um ataque de míssil, os pilotos indianos também ouviram o controlador dar ordem à aeronave Malásia MH17 de seguir “uma rota direta”. Isso permite que uma aeronave possa voar em linha reta, em vez de seguir a rota regular, que geralmente é uma pista em zig-zag indo de um ponto até uma base terrena de suporte à navegação ou caminho de desvio. “A rota direta economiza combustível e tempo e é preferido pelos pilotos, mas neste caso, revelou ser fatal”, disse uma fonte da companhia aérea.

Mais tarde, quando os pilotos souberam da causa do acidente, eles ficaram perplexos. “É como se a pessoa que está ao seu lado fosse atingido pela bala de um franco atirador”, disse a fonte.

Conforme instrução do controlador, os pilotos indianos tentaram contatar o Boeing 777 depois que a imagem desse desapareceu do visor do radar. A mensagem enviada foi: “Malaysian 17, aqui é o Air India 113 Você lê minha mensagem?” Não houve retorno, é claro.

Leia também:  Paraisópolis: tenente-coronel defende que peritos internacionais investiguem ação da polícia

 Embora, logo após a tragédia, um site rastreador de vôo ao vivo ter mostrado que a aeronave da Air India estava na vizinhança, o ministério da aviação civil da Índia emitiu um comunicado informando que “não havia nenhum vôo da Air India próximo do avião da  Malásia no momento do incidente”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome