“Agenda econômica de Guedes pode acabar não saindo do mundo virtual”, diz Laura Carvalho

Para economista, Paulo Guedes carece de pragmatismo pois opera mais como um guru que gosta de disparar frases de efeitos - que despertam a desconfiança dos analistas - do que como um ministro

Reprodução/GloboNews

Jornal GGN – A agenda econômica de Paulo Guedes pode acabar virando o muro na fronteira com o México prometido por Donald Trump ou mesmo o brexit: corre o risco de não sair do papel. É o que avalia a economista Laura Carvalho em artigo publicado na Folha desta quinta (14).

Segundo Carvalho, Guedes carece do pragmatismo que deveria acompanhar todo ministro de Estado. Em vez de melhorar a comunicação de suas propostas e torná-las mais factíveis – por exemplo, acha que pode acabar facilmente com direitos trabalhistas que estão na Constituição – Guedes se comporta mais como um “guru” e continua com a vida pré-vitória de Bolsonaro, disparando frases de efeito que estão fora da realidade – ele disse ao Financial Times que o Chile, depois dos Chicago Boys, virou uma “Suíça”, e acabou desacreditado.

“(…) como o muro na fronteira mexicana ou o “brexit”, a agenda econômica de Guedes pode acabar não saindo do mundo virtual em que funciona tão bem.”

Leia a coluna completa aqui.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora