Ainda sem plano, governo prevê R$ 20 bilhões para vacinar toda a população

Anúncio foi feito em meio aos rumores de que Ministério estudava confiscar imunizantes produzidos ou importados contra a covid-19

Reprodução

Jornal GGN – Com 180 mil vidas perdidas para a covid-19, agora o governo de Jair Bolsonaro (sem partido) prevê a liberação de R$ 20 bilhões para imunizar 200 milhões de brasileiros em 2021. O anúncio feito na sexta-feira, 11, é parte de mais um episódio da ‘guerra da vacina’, entre o governo federal e os estados. 

No entanto, mesmo com a possibilidade de um orçamento maior para imunização, o Executivo ainda não tem um plano nacional de vacinação. Inicialmente, o Ministério da Saúde informou que a ideia era vacinar apenas os grupos de risco, seguindo as estratégias já utilizadas contra a gripe. Mas depois que João Doria lançou um plano para São Paulo, o governo Bolsonaro mudou o discurso e afirma que irá imunizar toda a população até o fim de 2021.

As informações sobre o novo orçamento surgiram em meio aos rumores de que o governo federal estudava confiscar toda vacina produzida ou importada contra a covid-19. 

A ameaça gerou a reação de Doria, que protagoniza um embate político contra Bolsonaro sobre a condução da pandemia. Com isso, o Ministério da Saúde negou a intenção de confisco e informou que pretende centralizar a compra e distribuição de imunizantes.

“Reiteramos que, em nenhum momento, o Ministério da Saúde se manifestou sobre confisco ou requerimento de vacinas”, afirmou a pasta em nota emitida no final da tarde de ontem.

De acordo com informações da Folha de S. Paulo, uma fonte no ministério explicou que o governo pretende adquirir todas as doses necessárias para imunizar a população brasileira e isso será feito dentro do Plano Nacional de Imunização – que, oficialmente, ainda não existe.  

O ministro da Economia, Paulo Guedes, chegou a afirma em audiência na comissão do Congresso que acompanha ações de enfrentamento à pandemia, nesta sexta-feira, que “para uma campanha de vacinação em massa, devem ser [necessário] mais ou menos R$ 20 bilhões”. 

A partir disso, interlocutores no governo afirmaram que os recursos devem ser liberados, em breve, por meio de uma Medida Provisória. A ação deve ser realizada com a flexibilidade fiscal do orçamento de guerra.

Ao Congresso, Guedes explicou que este ano foram disponibilizados cerca de R$ 600 bilhões para o enfrentamento da pandemia e que esse valor poderia ser de R$ 620 bilhões com a verba da vacina.

Segundo o ministro, o valor estimado de cada dose da vacina é de US$ 10. Para imunizar 200 milhões de brasileiros com duas doses, seriam necessários US$ 4 bilhões — ou seja, os R$ 20 bilhões.

Conforme destacado pela reportagem, o valor citado por Guedes é mais de dez vezes maior do que o liberado para a compra da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica AstraZeneca. Até agora, para aquisição de 100 milhões de doses, o governo liberou R$ 1,9 bilhão.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

2 comentários

  1. Conforme artigo, segundo o texto o governo fala que “para uma campanha de vacinação em massa, devem ser [necessário] mais ou menos R$ 20 bilhões”. 
    MAIS OU MENOS??? Sério?
    Mais ou menos quanto? 1Bi? 10Bi? 30Bi?
    Quanta acuracidade…
    É assim que lidam com a economia de um país? O “Quanto Custa” vem antes de “O que”? “Do Como”? “Do onde”?
    Não espanta a economia estar na merda que está.

    • Carlos: à bocamiuda, tão falando que 40% desses é pra compra da vacina e o restante dos 20bi ficará como “Sobra de Campanha” de 2022. Acha estranho essa nova modalidade? Foi umas das últimas invenções no pico das Agulhas. Uma espécie de “antecipação” dos laboratórios europeus, principalmente daqueles que alteram o DNA e que o ZePovinho será mera cobaia. Desconfiam até que houve antecipação nessa eleição de 2020. Tem grandes políticoas suspeitíssimos nesse rolo. Um, parece, emplacou seu apadrinhado. Até o QuartelAlvorada se empenhará a favor da vacinação do Gado. O importante é poder manter as baoinetas na rua. Democraticamente…

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome