Anvisa recebe da Fiocruz dados sobre a vacina de Oxford fabricada na Índia

Na semana passada, a Fiocruz solicitou autorização para importar 2 milhões de doses do imunizante produzido em solo indiano

Jornal GGN – A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) informou que recebeu nesta segunda (4) dados a respeito da vacina de Oxford que está sendo fabricada pelo Serum Institute of India. Na semana passada, a Fiocruz solicitou autorização para importar 2 milhões de doses do imunizante produzido em solo indiano.

Em nota, a Anvisa explicou que vai avaliar se os dados de fabricação da vacina de Oxford na Índia são semelhantes à produção em estudo no Reino Unido, pelo laboratório Astrazeneca.

“Para a autorização, a agência precisa avaliar os estudos de comparabilidade entre a vacina do estudo clínico, que é fabricada no Reino Unido, com a vacina fabricada na Índia, bem como os dados de qualidade e condições de boas práticas de fabricação e controle. Ou seja, é necessário entender se o produto do fabricante indiano é semelhante ao fabricado no Reino Unido e que teve os dados clínicos aprovados”, informou.

A Anvisa também informou que não houve pedido de uso emergencial da vacina da AstraZeneca. O Ministério da Saúde tem contrato de intenção de compra com a vacina de Oxford, que ainda não apresentou os dados da conclusão do estudo da fase 3, a última rodada de testes clínicos, que afere a segurança e eficácia do imunizante.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora