Aprendendo em casa.

Dia desses, recebi a visita, por alguns dias, de uma intercambiária japonesa de 17 anos que esta alojada na casa de um amigo, no interior de São Paulo.

Veio conhecer o cerrado mineiro, ou melhor, o “mato”.

Depois de alguns “saquês de cana”, vieram as brincadeiras.

Perguntei se, de fato, o sol nasce lá. Recebi como resposta uma típica risadinha japonesa. Rimos todos.

Picanha vai… Fraudinha vem… Outro gole…

O que significa o sol na vossa bandeira? Perguntei, na curiosidade de ouvir de uma representante legal do pais.

Aí veio uma resposta inesperada: -Não sei.

– Mas como não sabe? Vocês não aprendem na escola? Perguntei.

– Não. Respondeu aquela miúda e simpática criatura.

-Por quê? Insisti.

-Porque nos não ama tradiçon.

-Como assim?

-Tradiçon muito guerra. Muito bomba. Nos não ama tradiçon.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora