Assista: Doria anuncia “plano São Paulo” para suspender quarentena em 11/5

Medidas de mitigação serão aliviadas, mas mantendo as devidas recomendações sanitárias para atendimento ao público, a partir do dia 11 de maio

Jornal GGN – O governador João Doria anuncia nesta quarta (22) o “plano São Paulo” de reabertura “gradual e heterogênea” de serviços que foram suspensos em função da pandemia de coronavírus nas últimas semanas.

“Vamos levar em conta situações locais e regionais e os setores que podem retomar a economia com devidas medidas de proteção”, disse.

Segundo o tucano, as medidas de mitigação serão aliviadas, mas mantendo as devidas recomendações sanitárias para atendimento ao público, a partir do dia 11 de maio, quando acaba a quarentena determinada pelo Estado.

No início da coletiva de imprensa, o governador criticou os bolsonaristas que foram às ruas no final de semana contestar o distanciamento social. Doria recomendou que protestem pela internet, e frisou que o Estado não adotou medidas duras de quarentena e que diversos setores da economia, sobretudo da indústria, jamais foram atingidos pelo decreto de bloqueio.

A taxa de isolamento no Estado e na capital está na média de 51%. “Quero agradecer à população. É um número bastante razoável.”

Assista:

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 comentário

  1. Quanto mais longo o período do isolamento social, menor o número de mortos e maior o estrago econômico. Assim, o Bolsonaro ganhará ponto com a população menos esclarecidos e mais prejudicada pela quarentena, culpando os governadores pelos problemas econômicos.

    A população menos esclarecida e que será mais prejudicada pela quarentena e que se beneficiará da quarentena, escapando da morte, é maioria. Se nada for feito, Bolsonaro e o corona serão os maiores vitoriosos.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome