Bolsonaro consulta EUA oficialmente sobre embaixada para Eduardo

Ernesto Araújo está confiante de que o governo dos EUA vai avalizar o nome do filho do presidente brasileira para a embaixada em Washington

Eduardo Bolsonaro. Foto: Agência Brasil

Jornal GGN – É oficial. O governo de Jair Bolsonaro enviou aos EUA um informe solicitando a aprovação do nome de Eduardo Bolsonaro para ocupar a embaixada em Washington. A ação foi confirmada nesta sexta (26) pelo ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo.

“Foi pedido o ‘agrément’ e esperamos a resposta americana, de acordo com a praxe diplomática. Mas tenho a grande certeza de que será concedido pelo governo americano, e Eduardo Bolsonaro será um ótimo embaixador”, disse Araújo, em entrevista coletiva durante encontro de ministros que formam os Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), no Rio de Janeiro.

Pela manhã, Bolsonaro também havia confirmado a iniciativa. Extraoficialmente, na semana passada, o Itamaraty já havia enviado um comunicado aos EUA.

O presidente negou que a decisão seja nepotismo e afirmou que Eduardo está qualificado porque tem boa relação com a família do presidente Donald Trump.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Eduardo Bolsonaro tentou criar Dia da OCDE pouco antes de Brasil ser barrado por Trump

5 comentários

  1. Desde o início, vários já falaram que esse pessoal não tem freio. Porém, ainda há os que fazem uma força enorme pra acreditar que essa fascistada é sensível a argumentos, critica razoável, etc.

    Ai, ai…

  2. O complexo de inferioridade dos Estados Unidos eh tao grande que a unica coisa que eles andam querendo ultimamente eh embaixadores mais analfabetos que Trump.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome