Bolsonaro deve nomear desembargador no STF, diz colunista

Kássio Nunes Marques para ocupar a vaga do ministro Celso de Mello

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Jornal GGN – Jair Bolsonaro foi aconselhado e deve enviar ao Senado, nas próximas horas desta quinta-feira, 1 de outubro, a indicação do desembargador Kássio Nunes Marques para ocupar a vaga do ministro Celso de Mello no Supremo Tribunal Federal (STF). As informações são de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo. 

Segundo a colunista, Bolsonaro é aconselhado a tirar Nunes Marques do “sereno”. Ou seja, é preciso que haja a uma nomeação para que o futuro ministro pare de ser bombardeado por grupos contrários à indicação e outros candidatos ao cargo.

As críticas contra o desembargador aumentaram nesta quinta. Até Silas Malafaia, considerado bolsonarista, postou um vídeo nas redes sociais dizendo que a possível indicação de Bolsonaro é um “absurdo vergonhoso”.

O presidente do STF, Luiz Fux, também se manifestou contra a possível nomeação,  também criticada por assessores de Bolsonaro no Palácio do Planalto.

No entanto, se Bolsonaro oficializar a escolha, “o fato estaria consumado e restaria marcar o dia para ele ser sabatinado pelos senadores”, lembrou a colunista.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora