Bolsonaro é da safra populista que finge ser “do povo” quando é político profissional

The Guardian diz que passeio de moto de Bolsonaro foi o "mais recente truque populista" do presidente que se esforça como ninguém para se passar por "pessoa comum". Para o resto do mundo, Bolsonaro transmite mesmo é a imagem de "maníaco", disparou o Financial Times

Foto: Reprodução/TV BAND

Jornal GGN – O jornal The Guardian publicou na noite de segunda (22) um artigo afirmando que o passeio de moto de Jair Bolsonaro foi o “mais recente truque populista de um presidente que deseja se apresentar como um homem do povo”, mas que, na verdade, é um “político profissional” que sabe bem como usar as redes sociais para obter apoio das massas.

Guardian fez questão de frisar que o passeio de Bolsonaro, aliás, foi um péssimo exemplo para um presidente. Um especialista que analisou as imagens disse que, por lei, ele deveria ter sido multado e ter a licença de moto suspensa (se é que Bolsonaro tem alguma).”

“Bolsonaro faz parte de uma nova safra de populistas da América Latina – tanto de esquerda quanto de extrema-direita – que buscam conquistar o eleitorado, pintando-se como pessoas comuns, apesar de na maioria dos casos serem políticos profissionais de longa data.”

O veículo comparou o brasileiro ao esquerdista, Andrés Manuel López Obrador, presidente do México, que “também procurou se projetar como um outsider político, viajando em vôos comerciais, leiloando o avião presidencial, realizando coletivas de imprensa às 7 da manhã conhecidas como mañaneras e abrindo a residência presidencial ao público.”

No Brasil, Guardian destacou ainda as táticas populistas de Romeu Zema em Minas Gerais, que prometeu “denunciar os privilégios de seus antecessores”, e de João Dória, em São Paulo, que engatou no “Bolsodoria” e prometeu abrir suas resistências de verão para a cultura.

Leia também:  Flávio Dino diz ser "uma honraria" ser o pior governador dos "paraíbas" na avaliação de Bolsonaro

“Mas poucos se esforçaram mais para se retratar como cidadãos comuns do que Bolsonaro, que foi fotografado perambulando pelo palácio presidencial com uma camisa de futebol e chinelos falsos”, comentou o Guardian.

O site finalizou com o editorial do Financial Times desta semana, que coloca Bolsonaro como um maníaco nas redes sociais. “Os tweets e pronunciamentos de Bolsonaro correm o risco de criar a impressão de que o Brasil é agora dirigido por um maníaco que odeia árvores, que é nostálgico pelos dias de ditadura militar.”

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

2 comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome