Bolsonaro esteve em Guarujá na mesma época de Queiroz

No dia 20 de abril de 2019, ou seja, 3 meses e 10 dias depois, Bolsonaro desembarcou em Guarujá para passar a Páscoa. Levou a mãe e um irmão. Não manteve nenhuma agenda oficial. Sequer comunicou sua ida ao governador de São Paulo, João Dória Jr., na época seu aliado.

Pequeno xadrez

  1. Band: Fabrício Queiroz ficou 5 meses em Guarujá, de fins de dezembro em diante. Segundo a reportagem, logo após sua cirurgia, abrigado por Frederick Wassef, o advogado dos Bolsonaro.
  2. Queiroz fez cirurgia no Hospital Alberto Eisntein e recebeu alta no dia 8 de janeiro de 2019. Pelos cálculos, teria ficado em Guarujá até junho.
  3. No dia 20 de abril de 2019, ou seja, 3 meses e 10 dias depois, Bolsonaro desembarcou em Guarujá para passar a Páscoa. Levou a mãe e um irmão. Não manteve nenhuma agenda oficial. Sequer comunicou sua ida ao governador de São Paulo, João Dória Jr., na época seu aliado.
  4. Foi acompanhado por forte esquema de segurança, na condição de presidente da República. Mas driblou a segurança indo passear sozinho de moto.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

6 comentários

  1. Coincidências, vocês não acreditam em coincidências?
    Rapaz, esse negócio do Queiroz, junto com a Lava Jato tá com cara de ser pior que a fiat Elba do Collor

  2. Nassif: assim é demais. O TenenteJair não mais tem o direito de se reunir com seu “EstadoMaior”? O fato não era desconhecido do PartidoMilitar, que lhe dá sustentação (com bala e baioneta), no comando de Pindorama. Que mal tem? Afinal os Milicianos do Queiroz também votam e são votados. O importante pros de farda é que agora detêm “democraticamente” o governo. Dizem um Coronel até comentou que “não se faz omeletes sem quebrar ovos”. Sabias palavras na ilustração do fato e do momento. O ComandoEstrelado deve ter ficado radiante com tanta filosofia aquartelada. Foram 130 suadinhos anos pra tal desfecho. Agora, só porque suspeita-se de acordos secretos de familiares e palacianos dos mandachuva com o pessoal do CrimeOrganizado que se vai desmontar um comando que tá quase dando certo, segundo planos traçados dentro e fora das fronteiras nacionais. Não tem cabimento. São acordos altamente secretos. Segurança Nacional. O PrimeiroMinistro Queiroz, Ôme de alta competência política administrativa, melhor que ninguém pra cuidar do assunto. O que não podia era ficar nas mãos de GuéGue e seus embromados projeto econômicos, que não levam a nada. Essa merda de mercado já era. Viu o sucesso das “rachadinhas”? Agora ficam esses Kummunistas chinfrins tentando agitar a massa contra pessoas de ilibada postura. Nem no Quintal onde moramos isto pode ser permitido. Falam até de um possível projeto (com tramitação prioritária) em se mudar o nome do Lugar pra “RepúblicaDemocráticaAliBaba”. A Flâmula e o Brasão, parece, vão copiar de JackSparrw. Se necessário vendem os Palácios pra pagar Royalties. Por isso a reunião em Santos. Os caras, com maestria, pensam em tudo…

  3. Certamente que a ABIN paralela e a oficial devem saber mas como é a Associação Bolsonariana de Inventividade e Nageção, vão mencionar que é apenas a 171º coincidência nesta família tão limpa, correta e que só pensa no bem do país, nem que tenham de moer seus ossos para isto.

  4. Me parece algo sensacionalista a matéria, de forma alguma combinando com o excelente jornalismo praticado aqui há muito tempo.
    Há, a meu ver, um carro que claramente acompanha o Necropresidente, em velocidade baixa e a curta distância; preto, muito parecido com carros oficiais que acompanham as comitivas de autoridades.
    Não tenho dúvidas de que o Presidente amigo dos milicianos sabia do paradeiro do seu amigo Queiroz. mas acho q há certo exagero no que a matéria sugere, quase afirma.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome