Bolsonaro fala em militarizar a Amazônia contra “cobiça” internacional

Presidente lamentou que as Forças Armadas tenham sido "sucateadas" nos últimos 20 anos

Jornal GGN – Jair Bolsonaro voltou a rebater a proposta de Joe Biden de aplicar sanções econômicas caso o Brasil não combata, de fato, o desmatamento na Amazônia. Segundo relatos da Reutes, o presidente falou em militarizar a região contra a “cobiça” internacional.

Ele disse que, para “dissuadir” esse interesse na Amazônia, as Forças Armadas precisam ser preparadas. Bolsonaro ainda teria reclamando do “sucateamento” da instituição nos últimos 20 anos. “Temos que tratar a questão das Forças Armadas com carinho”, disse.

Biden falou da Amazônia durante o primeiro debate eleitoral contra Donald Trump. Em resposta ao candidato democrata à presidente dos EUA, Bolsonaro invocou a “soberania” nacional para decidir sobre a exploração dos recursos naturais.

Veja mais:

Bolsonaro diz que Biden oferece “suborno” e externa “cobiça” sobre Amazônia

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora