Bolsonaro faz mea-culpa e acena a governadores

"Se algum de nós extrapolou ou até exagerou, foi no afã de buscar solução”, disse presidente durante lançamento do plano nacional de vacinação

Foto: Isac Nóbrega/PR

Jornal GGN – O presidente Jair Bolsonaro adotou o mea-culpa durante o lançamento oficial do plano nacional de vacinação contra a covid-19, além de acenar a governadores e dizer que qualquer exagero cometido foi feito com a intenção de acertar.

“Se algum de nós extrapolou ou até exagerou, foi no afã de buscar solução”, disse Bolsonaro, segundo o jornal Folha de São Paulo, quando também afirmou ser uma hora receber os governadores em Brasília. “Obviamente, momentos difíceis todos nós vivemos. Mas, depois da tempestade, há bonança”, afirmou o presidente, que ainda disse existir “união para buscar solução de algo que nos aflige há meses”.

O discurso pacifista foi adotado após diversos pronunciamentos em que o presidente criticou prefeitos e governadores que estabeleceram medidas que restringiram a circulação de pessoas, além das diversas medidas que os governos estaduais têm adotado na falta de um posicionamento oficial de Brasília – como a negociação com o estado de São Paulo para a compra de vacinas produzidas pelo Instituto Butantan.

 

Leia Também
Mais um capítulo na guerra da vacina: teremos seringas?
Desencontros e contradições na relação Doria-Fapesp, por Hernan Chaimovich
Conheça a história do casal que revolucionou as pesquisas de vacina no mundo
TV GGN 20h: O incrível plano de vacinação do governo Bolsonaro

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora