Bolsonaro manda embaixadores venezuelanos saírem do país

Itamaraty também vai retirar corpo diplomático da Venezuela; presidente reconhece opositor Juan Guaidó como líder do país vizinho

Bolsonaro ordenou saída de diplomatas venezuelanos do país, em seu mais forte gesto contra Nicolás Maduro

Jornal GGN – O governo do presidente Jair Bolsonaro comunicou a Venezuela que todos os diplomatas chavistas presentes no Brasil devem deixar o país.

Segundo informações do jornal Folha de São Paulo, o aviso dado pela chancelaria brasileira a Caracas é que os diplomatas serão expulsos caso não saiam do Brasil dentro de um prazo estipulado.

Para viabilizar essa saída, o governo brasileiro publicou portarias determinando a volta dos funcionários brasileiros que estão na Venezuela atualmente. A ordem afeta tanto diplomatas quanto oficiais de chancelaria que trabalham na embaixada em Caracas e em consulados.

Este é um dos mais fortes gestos diplomáticos de Bolsonaro contra Maduro desde que o presidente brasileiro reconheceu, no começo do ano passado, o opositor Juan Guaidó como presidente encarregado do país.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Minas registra aumento de 648% nas mortes por síndrome respiratória em 2020

4 comentários

  1. Sumemo Bozo. Agora é declarar guerra a Venezuela!
    Se tú tá louco para se livrar de Maduro e mostrar serviço ao Trump.
    Eu e muitos aqui estamos loucos para nos livrarmos de você e sua gangue.
    Vai em frente e leve os bolsominios para a frente de batalha.

    • No mundo pós guerra fria, não há mais guerra contra o comunismo. A Venezuela pode ser comunista à vontade, que isso não representa nenhum risco à economia ou à segurança dos EUA. Só quem leva na cabeça é o próprio povo venezuelano, mas afinal de contas, foram eles mesmo que elegeram a turma que está lá.

      O que provavelmente vai acontecer na Venezuela é o mesmo roteiro de Cuba: primeiro chegar ao fundo do poço, depois ir melhorando aos poucos, à medida em que reformas capitalistas vão sendo implementadas. E então o governo socialista poderá anunciar orgulhosamente sua nova conquista: o capitalismo!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome