Brasil em Transe: vai começar, 3, 2, 1

segundo o Gal. Mourão, o Brasil é um “cavalo maravilhoso que precisa ser montado por um ginete com mãos de seda,cintura de borracha e pés de aço”.

por isto mesmo, o Vice-General já providenciou também a mudança de seu “nobre amigo” Ídolo do Rincão para BSB. o equino ficará lotado no Regimento de Cavalarias de Guardas (RCG), entre outros.

e até mesmo Bolsonaro era no exército chamado de “Cavalão”.

para Mourão a situação do Brasil permite uma analogia com o hipismo. assim sendo, é preciso levar a sério a arte da montaria e dominar o movimento de um bom cavaleiro:

“O quadril fica entrando e saindo harmoniosamente, num balanço entre o sacro e o ilíaco. Por isso é que dizem que cara de cavalaria é bom pra comer gente, pô!”

apesar disto, na véspera do 2o. turno das Eleições de 2018, numa prova realizada Centro Hípico do Exército (RJ), seu cavalo refugou e Mourão foi ao chão.

se o “legalista” Villas Bôas é saudado como o General que salvou a democracia brasileira, já galopam os consultores pelas nova janelas abertas para bons negócios:

Já pensou em contratar um ‘militar com experiência’ para a sua empresa? Qualquer militar, contratado para a sua empresa, levando em consideração sua experiência e em especial sua formação militar, possibilitará ao seu negócio atingir um outro nível de desempenho, aumentando exponencialmente seus lucros, fazendo a diferença”

capitaneados triunfalmente de volta ao governo montados num cavalo chucro, e já com o restante da cavalaria devidamente empossada no Planalto, cabe agora aos Generais considerarem: em se tratando de montaria, sempre resta saber quem de fato monta em quem…

Leia também:  Dodge recebe relatório sobre morte de Marielle Franco

seja como for, não deve restar qualquer dúvida.

logo após a posse, Bolsonaro fixou o novo valor do SM em R$ 998, ainda abaixo dos R$ 1.006 propostos por Temer. trata-se do segundo menor reajuste em 24 anos, desde a implantação do Plano Real, em 1994.

mesmo com todo seu conhecimento equestre e apesar de sua determinação em não ser um “vice decorativo”, até o momento o Gal. Mourão ficou a pé. não lhe foi designada nenhuma atribuição oficial no governo. carregará a sela nas costas?

por outro lado, no desfile de Bolsonaro em carro aberto durante a cerimônia de posse, um par das montarias dos Dragões da Independência se rebelou. um cavalo bloqueou o caminho do cortejo presidencial e o outro escoiceou os seguranças..

sinal dos tempos?

mas está apenas começando. o que acontece quando, mais uma vez, cavaleiro e cavalo caem ao chão?

déjà-vu

vídeo: Incidente com cavalo na Posse do presidente Jair Bolsonaro

.

16 comentários

  1. Brasil em Transe: vai começar, 3, 2, 1

    somos todos Bolsonaro! mas quantos somos mesmo?

    segundo o GSI, 115 mil pessoas estiveram presentes à cerimônia de posse de Bolsonaro.

    .

    • Visão do planalto

      Um formigueiro isolado.

      Que continue assim, embora existam pessoas que pretendam perpetuação do coiso no poder “ad eternum”

      Ouvi na fila do Atacadão uma família entusiasta dizer à outra que as esquerdas estão querendo atrapalhar o governo do coiso mas ele se reelejerá e será o “nosso imperador”

      Não olhei pra ver quem estava falando.

      Não tive nem estômago e nem coragem.

      • Brasil em Transe: vai começar, 3, 2, 1

        -> Como bons cavaleiros o que eles têm em comum são os chifres

        é mesmo?!?!?

        e o tolinho aqui achando que a Primeira-Dama atual fosse qui nem a Primeira-Dama do Temer: bela, recatada e do lar.

        .

        • Marmita pra fora

          A primeira dama do temer era bela, recatada e dólar.

          Como diz Leandro Karnal, com dinheiro, todo amor é sincero.

          Bom, pela foto ai de riba,  acho a primeira dama preferiu descascar  o laranja. Com o  enteado ela só ia perder tempo .

          E a Patrícia Lelis tem colhões.

          Desmascarar o mitinho nesse nível é ousadia pra mais de metro.

          Ela vai levar um processo do mitinho.

          • Brasil em Transe: vai começar, 3, 2, 1

            -> Bom, pela foto ai de riba,  acho a primeira dama preferiu descascar  o laranja. Com o  enteado ela só ia perder tempo . E a Patrícia Lelis tem colhões. Desmascarar o mitinho nesse nível é ousadia pra mais de metro.

            ahhh! inspiradíssima sua réplica!

            de fato, mais vale descascar logo um laranja do que ficar se frustrando com um enteado que nem cabe direito na palma da mão…

            não é segredo que a Primeiríssima Dama às vezes se queixa um titiquinho do marido: “Eu falo para ele: você é um personagem fora de casa, eu até gostaria que você fosse um pouquinho assim dentro de casa, tivesse um pouquinho mais de energia”.

            geralmente as mulheres e LGBT+ costumam ter mais culhões do que os homens.

            esses homens, pobres homens… se vêem como tão machos… mas na maior parte das vezes são apenas mitinhos bem pequenininhos, pouco importando o tamanho do coiso.

            por falar nisto, não posso deixar passar incólume mais uma vez: vc continua desafiando os algoritmos arkx de identificação de perfil!

            e considere isto um formidável elogio!

            a primeira resposta dos algoritmos foi: “homem, talvez homo”.

            em seguida, quando já havia maior quantidade de dados: “mulher, talvez bi”.

            depois: “meia idade prá frente”.

            para logo corrigir: “não mais do que 25 anos”.

            é muito engraçado! há muito tempo os algoritmos arkx não dão retornos tão bagunçados. sinal que vc é uma persona mais complexa do que a vã pretensão de alguma AI seja capaz de supor.

            .

          • Marido podre

            Arques,

            você ainda tem curiosidade sobre a minha pessoa?

            Não embranqueça os seus revoltosos cabelinhos com tão insignificantes indagações.

            Sou uma pessoa de direito e onde a constituição não distingue o particular não o fará.

            É princípio constitucional e cláusula pétrea..

            “somos todos iguais perante a lei, etc, etc, etc,…..”

            E quanto à primeira dama, ela é o tipo de pessoa que se casou com um cara de bens mas ficou na merda.

            E a pobre é crente.

            Agora está explicado.

             

            A propósito o que é LGBT+, CIS e outras designações anômalas?

            Preciso me atualizar.

          • Brasil em Transe: vai começar, 3, 2, 1

            -> De minha parte, como sobrevivente consciente, não faço provocações, não aceito provocações e me manco quando vejo coxinhas. Porque você sabe, coxinha cheira longe.

            agradeço a sugestão. tarde demais… outra porradaria.

            eu não me manco. a não ser quando me acertam o joelho…

            mas desta vez a culpa é em parte sua.

            fui repetir o que vc escreveu sobre a Primeira Dama descascar o laranja. os Bolsominions ficaram loucos.

            como bem o disse Olavo, ô gente semianalfabeta, caipira e palhaça. além do péssimo humor, é claro.

            nem bem fiquei bom do joelho, acabei tomando um socão no olho. vou passar uns dias vendo uma mancha de sangue.

            mas não ligo não. de vez em quando é bom ficar com sangue no olho.

            pior é coágulo cerebral. o cigano não perdoa. estes Bolsominions tem a cabeça tão dura que ficou uma marca no concreto da calçada…

            .

             

          • Olaf e a porrada

            Arques, se v. me permite a ousadia,

            tô duvidando que v. seja tão maloqueiro.

            Magina só, andar pelaí levando porrada de bolsominions!

            Isso não é para um cabra instruído como v. parece ser.

            Isso deplorável!

            Outra coisa surreal:

            Você ter a atitude, a paciência e o estômago de ver olaf von oak, saber o que ele fala ou coisa assim

            Vou te dizer.

            Certa feita, achei na internet um anúncio sobre curso de filosofia ou obras disponiveis de filosofia, textos do olaf.

            Fui lá, “os pensamentos” do sr. estavam disponiveis gratuitamente (falou minha língua) ordenados, e mais um “best seller” que ele intitulou

            “O Jardim das Aflições”

            Gosto de ler e fui, portanto, direto ao jardim

            Na exposição à leitura prévia de seus pensamentos encontrei-os muito católicos para o meu gosto.

            Lendo o Jardim, fui gostando, tudo ia bem.

            Os diálogos estavam “supimpas”, as conclusões interessantes (citações, suponho) até que ele resolve finalizar e concluir com a sua (dele) lógica.

            Levei um choque e tanto.

            Foi uma “brochada” forte do meu entusiasmo,  pois o cara conclui o assunto sem qualquer nexo com a narrativa original.

            A partir daí comecei a compreender a “lógica” do olaf, para nunca mais.

            Inté!

          • Brasil em Transe: vai começar, 3, 2, 1

            -> Não embranqueça os seus revoltosos cabelinhos com tão insignificantes indagações.

            os cabelinhos que me restam nunca embranquecem, pois desde os 30 anos ele sempre mantém a cor natural. artificialmente…

            -> A propósito o que é LGBT+, CIS e outras designações anômalas?

            hummm… me lembra fatos passados.

            eu trabalhava de noite. uma galera muito inteligente, politizada, produtiva e também muito doida.

            foi no período imediatamente pré epidemia de AIDS. e tinha um gay chamado Twiggy.

            toda noite antes de começar a trabalhar, o pessoal anotava numa folha de papel ao lado próprio nome um número. 3,5,2,9,1,7 e assim por diante.

            era o Bolão do Twiggy. quando ele chegava, anunciava o ganhador.

            vencia quem acertava a quantidade de caras com quem o Twiggy tinha transado na noite anterior.

            depois de sair do trabalho, ele circulava pelas Termas e ruas do Rio de Janeiro. infatigavelmente.

            acho que “LGBT+, CIS e outras designações anômalas” pode ter algo a ver com isto.

            ou não.

            porque o grupo que mais cresce é o A de LGBTQIA+. os assexuados.

            se antes os gays eram “sexuados em demasia”, devassos loucos com suas orgias intermináveis a cada noite, hoje são cada vez mais assexuados: limpinhos, cheirosinhos, comportadinhos.

            Twiggy sempre dizia que não acreditava em AIDS. mas a recíproca não foi verdadeira.

            por outro lado, tenho um amigo que foi dos primeiros casos diagnosticados com AIDS, no Rio. e o cara até hoje é assintomático.

            a vida é muito estranha. talvez seja por isto que eu goste tanto dela.

            -> você ainda tem curiosidade sobre a minha pessoa?

            não sou curioso. nem um pouco. só não desperdiço um bom papo.

            a respeito: já leu a Carta 19 dos Giletes Jaunes?

            .

             

          • Cabelos naturais

            Ainda fiquei sem entender  o ” cis “

            Vou agora mesmo  ao “gogle” (Sabia que o nome google é inspirado numa entidade maligna?)

            E a carta dos giletes 19 ainda não li.

            Seus cabelos naturais e pretos desde os 30 anos são mesmo, impressionantes.

            Vamos aproveitar o momento e comemorar juntos os 90 anos do rato Mickey.

            Vai que v. tem uma tara secreta de visitar a disney só para experimentar as suas(dele) redondas orelhas ao vivo.

            He!He!

            Inté!

          • Brasil em Transe: vai começar, 3, 2, 1

            não disse! de um bom papo e de uma boa sacanagem ninguém escapa.

            -> Vai que v. tem uma tara secreta de visitar a disney só para experimentar as suas(dele) redondas orelhas ao vivo.

            minha tara nada secreta do momento é enfiar o cacete nos Bolsominions. meto o pau mesmo, até eles ficarem arriados no chão. é verdade que sempre acabo também levando algum, mas faz parte.

            -> Ainda fiquei sem entender  o ” cis “

            hoje em dia “cis” se tornou um tipo muito anômalo de perversão. o mais exótico atualmente. imagina se identificar com o próprio gênero do registro de nascimento?! coisa de tarados.

            por causa de Junho de 2013 conheci uma trans.

            filha de ruralista cheio da grana. fazia tratamento hormonal prá nascer barba. mostrava cheia de marra os três ralos cabelinhos em seu queixo.

            por mais que se empenhasse, não parecia mesmo um homem. sua aparência era nitidamente de um viado. muito estranho aquilo.

            conversando com ela, comentei sobre isto. sua reação foi um tanto surpreendente.

            afirmou que era assim mesmo. jamais pretendeu virar homem. queria mesmo é ser um viadinho. até mesmo porque, seu tesão não era por mulheres e sim por macho-mans.

            acabou tendo uma filha. conversava com ela ao telefone, sempre encerrando a ligação com: “Papai te ama!”.

            sexualidade é o âmbito mais complexo, perigoso e emancipador de todos nós.

            .

  2. Cavalgaduras

    Então, já estivemos sob João, que era um centauro careca e folgazão .

    Agora a histeria e a história nos trazem um jumento de olhos azuis.

    Havemos de colocar muito capim no planalto para que não lhe falte inspiração.

    Como bons cavaleiros o que eles têm em comum são os chifres

     

    • Brasil em Transe: vai começar, 3, 2, 1

      -> Um formigueiro isolado.

      o comparecimento à posse de Bolsonaro foi um fracasso. esperava-se 500 mil pessoas. mal deu a 1/30 disto.

      então, não seria lógico indagar: mas este mito foi eleito por quem? Bolsonaro ganhou mesmo a eleição? e se ganhou, com certeza não foi por 7,30 pp (em relação ao total geral do eleitorado).

      eleição é farsa.

      -> Ouvi na fila do Atacadão uma família entusiasta dizer à outra que as esquerdas estão querendo atrapalhar o governo do coiso mas ele se reelejerá e será o “nosso imperador”

      há gente que apoia Bolsonaro com quem não dá prá dialogar. tem gente que dá. mesmo assim é uma opção de cada um. e dependendo de cada uma das circunstâncias.

      por exemplo: sai na porrada de novo!

      na primeira vez foi por causa da minha camiseta: “Êita facada mal dada…”. postei aqui.

      e agora foi também por causa de outra camiseta. acho que era algo a ver com o “tomara que caia” vestido pela Primeira-Dama na cerimônia de posse.

      se não fosse novamente a ajuda do cigano, os caras tinham me matado. tomei uma paulada no joelho. no dia seguinte ficou do tamanho de uma bolsa de colostomia.

      mas o estrago do lado de lá foi ainda bem maior. cicatriz no rosto é uma bosta…

      .

      • Pois é,

        Arques,

        congratulações pela sua camiseta e pelo seu joelho do tamanho da bolsa do bolso.

        De minha parte, como sobrevivente consciente, não faço provocações, não aceito provocações e me manco quando vejo coxinhas.

        Porque você sabe, coxinha cheira longe.

        Até bairro coxinha, mesmo pobre, é diferente dos bairros comuns de pessoas heterogêneas.

        Inté!

  3. Tirada de gênio

    “Eu não me manco, a não ser quando me acertam o joelho!”

    Com licença:

    kkkkkkkkkkkkkkkkk (minúsculo, em respeito à sua dor,  e com k pela graça do comentário)

    Abrs.

     

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome