Brasil ultrapassa a Itália, com 34.072 vítimas fatais do novo coronavírus

Com 1.354 vidas perdidas para o Covid-19 nas últimas 24 horas, o Brasil é o terceiro país no mundo com maior registro de vítimas fatais da doença

Foto: André Penner/AP

Jornal GGN – O Brasil registra 618.744 pessoas infectadas e 34.072 vítimas fatais do novo coronavírus, nesta quinta-feira, 4 de junho. O Ministério da Saúde tem dificultado a informação sobre a situação da pandemia no país, por isso o GGN fornece os números de uma pesquisa independente, feita a partir das informações divulgadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde. Pela manhã do dia 5, o GGN irá comparar os dados das Secretarias e do Ministério.

De acordo com levantamento independente, o Brasil acaba de ultrapassar a Itália em número de óbitos, que registrou 33.689 mortes no mesmo período, segundo o painel global de monitoramento do vírus da universidade Johns Hopkins. 

Com 1.354 vidas perdidas para o Covid-19 nas últimas 24 horas, o Brasil é o terceiro país no mundo com maior registro de vítimas fatais da doença, ficando atrás dos Estados Unidos e Reino Unido. 

Os últimos dados do Ministério da Saúde divulgados com atraso, às 22h, desta quarta-feira, 3 de junho, aponta para 32.548 mortos e 584.016 casos da doença. Entretanto, a disparidade entre os dados do Ministério e das Secretarias estaduais tem chamado atenção. Confira no GGN, em breve, os desdobramentos sobre os dados relacionados a pandemia.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Alguns esclarecimentos sobre a pandemia e o rastreamento de contatos, por Ricardo Knudsen

6 comentários

  1. Em vez de evitar mortes, o desgoverno agora vai querer maquiar as mortes?
    “Tá tudo dominado!”…
    Se o TSE tivesse “cojones rojos”…
    … Viram meu cavalo por aí?

    • Q ABSURDO,UM VÍRUS DE LETALIDADE DE MENOS 10% E AINDA QUEREM ABRIR A ECONOMIA!!??
      OBS:NA MINHA CONTA,SE O BRASIL TEM 210 MILHÕES, ENTÃO VAI MORRER PELO MENOS UNS 20 MILHÕES, HAJA CAIXÃO!
      OBS2: O VÍRUS LETAL MATA,MATA,MATA,
      MUITA GENTE VAI MORRER,MORRER,MORRER!
      HAJA TANTO CAIXÃO, CAIXÃO, CAIXÃO!

      PÁRA TUDOOO,OS EMPREGOS Q SE LASQUEM !!!

  2. Hoje foram 1473 mortes resultado da ‘gripizinha’ do genocida que nos governa.

    Sem mais comentários. Estou sem palavras para expressar minha indignação.

  3. Todas as pessoas envolvidas politicamente em favor e a favor do atual governo devem também se considerar como corresponsáveis pela política genocida utilizada contra a pandemia. Por menos, já houve condenações como crime hediondo, crimes de guerra ou crimes de extermínio. Porém, aqui, enquanto recordes diários de mortes acontecem, o teatro do fingimento desempenha seu espanto pela corrupção nas compras de máscaras, luvas, uniformes, acessórios de proteção, kits para teste, respiradores e hospitais de campanha. As manchetes estampam na mídia feito o furor das luzes coloridas de Times Square fazendo suas ofertas de informação, em contradição a nebulosidade das investigações e, principalmente, da incompreensível ausência de punições rígidas e exemplares.

  4. “Miséria é miséria em qualquer canto
    Riquezas são diferentes
    Miséria é miséria em qualquer canto

    Fracos, doentes, aflitos, carentes
    Riquezas são diferentes

    A MORTE NÃO CAUSA MAIS ESPANTO
    O Sol não causa mais espanto
    Miséria é miséria em qualquer canto
    Riquezas são diferentes
    Cores, raças, castas, crenças
    Riquezas são diferenças
    Índio, mulato, preto, branco
    Filhos, amigos, amantes, parentes
    Fracos, doentes, aflitos, carentes
    Cores, raças, castas, crenças
    Em qualquer canto miséria
    Riquezas são miséria
    Em qualquer canto miséria”

    Titãs, Miséria

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome