Butantan anunciará eficácia geral da CoronaVac nesta terça-feira

A informação foi confirmada nesta manhã pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e pelo secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn

Foto: Divulgação

Jornal GGN – O Instituto Butantan deve anunciar nesta terça-feira, 12 de janeiro, o dado de eficácia geral da CoronaVac, vacina contra a covid-19 desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac. A informação foi confirmada nesta manhã pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e pelo secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn.

Na última sexta-feira, o Butantan pediu à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) a concessão de uso emergencial da CoronaVac. Mas, no dia seguinte, o órgão cobrou novas informações sobre o imunizante, por exemplo, os dados da fase 3 dos testes clínicos com a taxa de eficácia geral. 

“O Butantan realizará amanhã [terça-feira] mais uma apresentação específica sobre a vacina, com dados complementares, às 12h45. Dimas [Covas, presidente do Instituto Butantan] e outros cientistas vão discorrer sobre esse assunto. É tema da ciência, não da política”, disse Doria em entrevista à Rádio CBN.

Já o secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn, afirmou à GloboNews que “esses dados que chamamos de eficácia global estão em posse do Butantan e da Anvisa, e dessa maneira saberemos todos amanhã essas informações que são de fundamental importância para que possamos inserir nas propostas da campanha (de vacinação), trazendo à tona essa qualidade de informações”. 

Ontem, o instituto informou que começou a enviar os documentos pendentes à Anvisa, que deve anunciar se irá conceder ou não a autorização sobre o uso do imunizante até a próxima semana.

Segundo dados secundários da vacina, divulgados nos últimos dias, a CoronaVac tem eficácia de 100% na prevenção de casos graves e moderados de covid-19 e de 78% na prevenção de casos graves e moderados. 

Mas, a taxa de eficácia geral da vacina é calculada a partir da comparação de quantas pessoas ficaram doentes entre os grupos de vacinados e daqueles que apenas receberam o placebo.

Hoje, a Indonésia autorizou o uso emergencial da CoronaVac e anunciou que a eficácia geral do imunizante, em resultado preliminar, é 65,3%. Os testes de fase 3, conduzidos no país,  contou com 1.620 voluntários. 

Com informações do Uol. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora