Centrão começa a se irritar com demora de Bolsonaro

Nomeação para diversos cargos era esperada no Diário Oficial da última sexta-feira; negociações envolvem partidos como PP, PL e PSD

Foto: Reprodução

Jornal GGN – Os líderes de diversos partidos do chamado centrão já se mostram insatisfeitos com a demora do governo de Jair Bolsonaro em nomear seus indicados para cargos oferecidos nas últimas semanas.

Segundo informações do jornal O Globo, as negociações envolvem PL, PP, PSD e Republicanos, e cada partido definiu quem iria pedir o quê.

O PP ficou com as indicações para as presidências do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), enquanto o PL poderia indicar o presidente do Banco do Nordeste, e o Republicanos, uma secretaria no Ministério do Desenvolvimento Regional. Já o PSD negocia superintendências da Funasa nos estados.

Os líderes de tais partidos defenderam Bolsonaro na repercussão das acusações feitas pelo ex-ministro da Justiça Sergio Moro na última semana. Na ocasião, Moro afirmou que o presidente tentou interferir na Polícia Federal e obter informações relacionadas a investigações que envolvem seu nome e o de seus filhos.

Contudo, os líderes esperavam que as nomeações saíssem na sexta-feira, e não tem se mostrado muito felizes com a falta de indicações no Diário Oficial da União.

 

Leia Também
Zambelli também pediu informações privilegiadas a Moro e implica mais Bolsonaro
Centrão mira em Moro para obter vantagens no governo Bolsonaro

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora