3 comentários

  1. O GADO AINDA NÃO FALOU SOBRE ISSO

    Tá na cara, ou melhor, na camisa, que o Queiroz é comunista. Veja a cor da camisa que ele estava usando na hora em que foi preso: VERMELHA
    Precisa de prova mais contundente? Se ele estivesse com tal indumentária
    passeando numa rua de São Paulo, ele morreria de apanhar da PM do Dória.

    #QUEIROZ É COMUNISTA!

    Assista ao vídeo do momento em que Fabrício Queiroz foi preso em imagens da Polícia Civil de São Paulo

    https://www.brasil247.com/regionais/sudeste/assista-ao-video-do-momento-em-que-fabricio-queiroz-foi-preso-em-imagens-da-policia-civil-de-sao-paulo?amp

  2. ELAS GOSTAM DE CHOCOLATE

    Eduardo Bolsonaro agride Joice Hasselmann e mortos por covid-19: ‘não sabia que coronavírus dava em porco também’

    Oh Bananinha, como não dá em porco se o teu pai foi um dos primeiros a mostrar os sintomas da “gripezinha”?

    Meu Deus, que triste sina a minha! Eu nunca pensei que um dia sairia em defesa de Joice Hasselmann, da Globo, e dos ministros do Supremo “e tudo” (o golpe contra Dilma foi dado com os ministros do supremo e tudo, como diria o Jucá).

    Todos trabalharam para prender o Lula e afastá-lo da eleição de 2018. Para isto tiveram que destruir (literalmente) o Brasil

    E foram premiados com a mega-sena da virada (o monstro genocida Jair Bolsonaro), que virou o país de ponta cabeça. E agora, todos estão “contra” Bolsonaro, mas a favor de Paulo Guedes.

    Temos Mourão, “o marronzinho” (nada contra os marronzinhos porque eu também sou um deles e daí meu apelido de chocolate), que diz que o brasileiro é uma mistura de “tudo que é ruim com o que não presta”. Segundo o próprio Mourão, o povo brasileiro seria uma mistura “indigesta” de índio, português e escravo africano. Por isso, segundo ele e também FHC, somos um povo preguiçoso, incompetente, irresponsável e incapaz de nos conduzirmos. Diante de tantas “qualidades maravilhosas”, só nos resta a proteção e o chicote de uma potência estrangeira. E diante de todos esses qualificativos, a nossa auto estima “vai lá para o inferno”.

    E fiquem sabendo de uma coisa: é o racismo entranhado nas Forças Armadas BraZileiras, principalmente na Marinha toda branquinha, que não aceita o Mourão como presidente em lugar de Bolsonaro.

    E por falar em chicote, vocês já ouviram falar na revolta da chibata? Ela aconteceu no final de novembro de 1910 e foi o resultado direto do uso de chibatadas por oficiais navais brancos ao punir marinheiros afro-brasileiros e mulatos. João Cândido, o navegante negro, imortalizado por Aldir Blanc na voz de Elis Regina (https://youtu.be/16C_3LhMeEo), foi o comandante do motim.

    Mourão era mais disciplinado (obedecia todas as ordens sem contestação), e chegou ao generalato, enquanto Bolsonaro quase chegou a detonar a adutora de Guandu. Portanto, para Mourão ser aceito, ele precisa tomar um banho de leite de cabra.

    Existe alguma diferença de intelecto entre Mourão e Bolsonaro? Nenhuma. Ambos são cavalgaduras. A diferença está na cor dos olhos e da pele e na disciplina: o segundo é declaradamente miliciano de Rio das Pedras.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome