CNJ quer saber origem de R$ 508 milhões que Gabriela Hardt ofereceu ao governo Bolsonaro

Corregedor anotou, usando decisão de Moraes, que a Lava Jato "exorbita" de duas funções quando tenta dar destinação a verbas públicas

Jornal GGN – O corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, determinou a abertura de um pedido de providências e concedeu 15 dias para que a juíza federal Gabriela Hardt explique a origem e outros detalhes do montante de R$ 508 milhões que ofereceu ao governo Bolsonaro, no contexto do enfrentamento à pandemia de coronavírus.

No despacho, Martins pede “informações sobre qual a origem dos recursos oferecidos, se tais recursos estão depositados em conta vinculada ao juízo, se tais valores já foram
transferidos para os beneficiários, se eles decorrem de processos com trânsito em julgado ou decisão judicial preclusa, quais os critérios utilizados para a definição da destinação dos recursos e para a seleção dos processos em que tais recursos foram depositados e, finalmente, se o Tribunal ou a Corregedoria já regulamentaram a matéria.”

Martins comentou ainda que é preciso observar, como anotou numa decisão o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, que a Lava Jato “exorbita” de suas “atribuições” constitucionais quando tenta fixar “a destinação de receita pública”.

gabriela hardt

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Escolas particulares retornam as aulas, sob apreensões

5 comentários

  1. Nassif: por quê quer saber? Prender ninguém vai. Nada de investigar alguém. Pra quê, então? Fato notório, trata-se de dinheiro de corrupçao que vai para a corrupção. Nada mais lógico e justo. Os semelhantes (disse um fulano que esqueci o nome) se atraem. Acho que deveriam mandar também aqueles 2 bi, em poder dos GogoboysParanaenses. A PastaDaSaude (que vai pro Centrão) já tá prontinha pra recepção. Vai ser a farra do boi. As MilíciosDoQueiroz (agora que comanda de casa) e os do KhmerVerde bolam planos mirabolescos pro churrasco na laje. Com presença confirmada do TenenteJair. São coisas assim que leva o Povão a matutar — será que querem saber pra pegar uma carona? Você sabe que o populacho aumenta, mas não inventa…

  2. A m*** já foi feita. Agora tentam limpar, mas, quanto mais mexem, mais fede. É cambada, a justa está aí no seu encalço e não adianta tentar apagar as pegadas.

  3. O fato é ainda pior, porque essa tal de “lava Jato”, sequer existe como instituição ou entidade. É apenas um apelido que algum sabujo colou nos caipiras- e eles gostaram e capitalizaram!!!!. A saber, do modo como está apresentado, trata-se de um fantasma oferecendo nada menos que 500 milhões de reais, para outro fantasma que sequer existe: combate ao corona virus!!!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome