Com explosão da Covid na Índia e Brasil, Moderna entregará 34 milhões de vacinas via Covax Facility

O fornecimento esperado de 34 milhões de doses da vacina da Moderna no final de 2021 ajudaria a Covax a atingir sua meta para o ano

The Wall Street Journal

A Moderna Inc. disse na segunda-feira (3/5) que fornecerá 34 milhões de doses de sua vacina Covid-19 a um programa internacional que distribui injeções gratuitas para os países mais pobres.

As doses serão entregues no quarto trimestre de 2021 para a iniciativa Covax apoiada pela Organização Mundial da Saúde, um programa financiado principalmente por governos ocidentais que oferece vacinas gratuitas contra o coronavírus para 92 países de baixa e média renda em todo o mundo.

A Covax manterá a opção de comprar outras 466 milhões de doses em 2022, de acordo com Moderna e Gavi, uma das organizações por trás do programa de ajuda com vacinas.

O anúncio ocorre no momento em que a pandemia se acelera em países em desenvolvimento como Índia e Brasil, que relatam um número recorde de mortes em meio a uma onda de infecções por coronavírus que sobrecarrega seus sistemas de saúde.

Enquanto países como Estados Unidos, Grã-Bretanha e Israel estão se aproximando de vacinar grande maioria de suas populações, os países em desenvolvimento estão lutando para fazer seus lançamentos decolarem, com os fabricantes de vacinas concentrados em mercados mais ricos que encomendaram a maior parte de seu fornecimento.

Seguindo as tendências atuais, as economias emergentes terão vacinado apenas 30% de suas populações até o final do ano, disse o banco de investimento UBS no mês passado.

“Reconhecemos que muitos países têm recursos limitados para acessar as vacinas Covid-19”, disse o presidente-executivo da Moderna, Stéphane Bancel.

“Apoiamos a missão da Covax de garantir acesso amplo, acessível e equitativo às vacinas da Covid-19”, disse ele.

Até a semana passada, a Covax havia fornecido apenas cerca de 50 milhões de doses fora de sua meta de entregar dois bilhões de doses até o final deste ano, o suficiente para vacinar cerca de 20% das populações dos países receptores com um regime de duas doses. A Covax disse no início deste ano que espera enviar 145 milhões de vacinas até o final de maio.

Gavi disse no mês passado que tinha acordos para obter 340 milhões de doses da vacina Oxford- AstraZeneca PLC e cerca de 1,2 milhão de doses de injeções feitas pela Pfizer Inc. e BioNTech SE.

O fornecimento esperado de 34 milhões de doses da vacina da Moderna no final de 2021 ajudaria a Covax a atingir sua meta para o ano, mas seria uma porção relativamente pequena do total. A contribuição da Moderna pode ser mais significativa em 2022, quando a Covax terá a opção pelos 466 milhões de doses adicionais.

A Moderna, assim como a Pfizer-BioNTech, fornece uma vacina baseada no que é conhecido como tecnologia de RNA mensageiro .

“Estamos muito satisfeitos em assinar este novo contrato com a Moderna, dando aos participantes da Covax Facility acesso a outra vacina altamente eficaz”, disse o CEO da Gavi, Dr. Seth Berkley.

A OMS emitiu na semana passada uma autorização de uso de emergência para a vacina Covid-19 da Moderna para pessoas com 18 anos ou mais.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora