Comissão do Senado aprova fila de convites e convocações para ministros de Bolsonaro

Requerimentos foram apresentados pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). Entre os convidados e convocados estão Abraham Weintraub, Onyx Lorenzoni, Luiz Henrique Mandetta e Ernesto Araújo

Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Jornal GGN –  A Comissão de Transparência do Senado decidiu, nesta terça-feira, 3 de março, pela aprovação de cinco requerimentos apresentados pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que convoca ou convida secretário e ministros de Bolsonaro para esclarecimentos à Comissão.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, é convidado a prestar informações sobre os problemas com a correção e atribuição de notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Neste caso, como se trata de um convite, o ministro não é obrigado comparecer comparecimento.

O ex-ministro da Casa Civil e atual ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, também é convidado para explicar sobre a fila e o orçamento do Programa Bolsa Família e as prioridades da nova gestão do Ministério.

Ainda, assim como o chefe da Secom, Fábio Wajngarten, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, foi convocado para prestar depoimento. Como é uma convocação, Mandetta será obrigado aparecer para explicar a proposta de extinção do Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF).

Por meio de outro requerimento, Mandetta também é convidado junto com o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, para debater medidas de prevenção e tratamento do Coronavírus.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  FAO revela que Brasil foi o país que mais perdeu florestas desde 2000

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome