Congresso derruba veto de Bolsonaro sobre uso de máscara

Câmara e Senado também derrubaram veto à obrigação do governo federal de fornecer água potável, higiene e leitos a povos indígenas

Foto: Reprodução

Jornal GGN – O Congresso Nacional derrubou veto do presidente Jair Bolsonaro à lei a respeito do uso de máscaras durante a pandemia de covid-19 em igrejas, comércios e escolas.

Com isso, foi retomada a determinação para que o equipamento de proteção seja utilizado em estabelecimentos comerciais e industriais, templos religiosos, estabelecimentos de ensino e outros locais fechados em que haja reunião de pessoas.

A argumentação do Planalto para justificar os vetos era que a expressão “demais locais fechados em que haja reunião de pessoas” era abrangente demais, e abriria uma brecha para violação de domicílio, o que seria contra a Constituição.

Os congressistas também derrubaram os vetos relacionados a hipóteses de aplicação de multas por descumprimento de normas sanitárias ditadas na lei, inclusive para caso a máscara não seja usada nesses locais. Agora, os textos anteriormente vetados seguem para promulgação.

Outros vetos rejeitados envolvem o projeto de proteção social e prevenção em terras indígenas. O presidente Jair Bolsonaro havia vetado a obrigação do governo federal de fornecer produtos de higiene, leitos hospitalares e água potável aos povos indígenas, o que foi derrubado pelo Congresso.

Também foram derrubados os vetos aos itens que determinavam a elaboração e distribuição de materiais informativos sobre os sintomas da Covid-19 aos indígenas. Além de fornecer suporte aos povos tradicionais, o governo deverá elaborar os materiais de apoio com a participação dos povos indígenas ou de suas instituições. As informações são do jornal Folha de São Paulo.

 

Leia Também
Mortes por Covid-19 em indígenas aumentam e ONU reage contra vetos de Bolsonaro
FAO explica como os povos indígenas ajudam a acabar com a fome no mundo
Abandono de povos indígenas na pandemia deixa dúvida se governo age por “omissão ou estratégia”
PF deverá adotar medidas de proteção aos indígenas e ribeirinhos em Nova Olinda do Norte (AM)

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora