Coronavírus: Brasil se aproxima das 50 mil mortes

País tem mais de 1 milhão de pessoas diagnosticadas com covid-19, e registrou mais de 55 mil novos casos em apenas 24 horas

Crédito: NIAID (via fotospublicas.com)

Jornal GGN – Os números relacionados ao novo coronavírus no Brasil não param de crescer: em 24 horas, o país registrou 55.029 novos casos, levando o total de diagnósticos para 1.038.568.

Os números foram divulgados pelo consórcio de imprensa composto por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL, a partir de levantamento junto às secretarias estaduais de Saúde.

Segundo o jornal O Estado de São Paulo, as secretarias estaduais de Saúde relataram dificuldades na hora de atualizar os dados sobre a covid-19 na plataforma online do Ministério da Saúde, o e-SUS, durante dois dias, o que fez a contabilização acumular para esta sexta-feira.

O Brasil ultrapassou a marca de mil mortes por covid-19 em 24 horas pelo quarto dia consecutivo: de ontem para hoje, foram 1.221 vidas perdidas para a pandemia, elevando o total de vítimas fatais para 49.090 pessoas.

O estado de São Paulo continua a ser o epicentro da doença, ao registrar mais de 211 casos confirmados: ao todo, foram 19.030 novos casos de contaminação e 386 mortes, elevando o total para 211.658 e 12.232 respectivamente.

Os dados divulgados pelo consórcio de imprensa diferem das informações publicadas pelo Ministério da Saúde: os dados da pasta indicam que o país contabilizou 1.206 óbitos e mais 54.771 pessoas infectadas, elevando o total de registros para 1.032.913 casos confirmados e 48.954 mortes.

 

Leia Também
Coronavírus: Relatório aponta represamento de recursos
14 estados têm queda de internações por coronavírus
Brasil ultrapassa 1 milhão de casos confirmados de coronavírus

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 comentário

  1. Nassif: nem te conto do churrasco na QuerênciaDeCruzAlta. Novilha cevada, carne macia. Desde a madrugada o costelão no braseiro. Os VerdeSauvas alcançaram seu primeiro milhão. É que nem o primeiro sutiã, nunca se esquece. Parece que vai ter discurso e entrega de medalhas. O negócio agora é intensificar a produção de cloroquina pra aumentar, num segundo momento, o número de defuntos. GuéGué recomendou maioria aposentados do INSS, pois outros planos da economia tão dando merda. Correndo bem, os caras vão surrupiar cinco “auxilios” quarentena. A tropa tá em alvoroço. Até visitarm o Congresso. Se preciso, pegam em armas. Ninguem se veste de verde pra ficar no vermelho (que trocadilho!). A meta é ultrapassar os gringos donos do Quintal onde moramos. Segundo lugar é como ser vice em Copa do Mundo. Tanto em bichados como em finados. E como vassalos competentes hão de alcançar os planos traçados com tanto empenho e carinho…

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome