Coronavírus: Brasil tem 145.328 casos confirmados e 9.897 mortes

Ministério da Saúde divulga últimos dados da pandemia; nas últimas 24 horas, país registrou 10.222 novos casos e 751 novos óbitos

Foto: Reprodução

Jornal GGN – Os números da pandemia do coronavírus no Brasil não param de crescer: até as 19h desta sexta-feira, o país registrava 145.328 casos de coronavírus em todo o Brasil e 9.897 mortes provocadas pela doença. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde, a partir de informações repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde.

Nas últimas 24 horas, foram registrados 10.222 novos casos no sistemas oficiais do Governo Federal, além de 751 novos óbitos. No entanto, a maior parte das mortes refere-se a outros períodos, mas foi inscrita de ontem para hoje após investigação concluída ou em andamento.

São Paulo segue concentrando a maior parte das notificações, com 41.830 casos e 3.416 mortes, seguido do Rio de Janeiro, que tem um total de 15.741 confirmações e 1.503 óbitos.

Os estados que apresentam o menor número de notificações são Mato Grosso do Sul, com 326 casos confirmados e 11 mortes, e Mato Grosso, que registra 547 casos e 14 mortes. Tocantins está na antepenúltima posição, com 494 casos e nove óbitos.

Enquanto isso, os dados globais apurados pelo Coronavirus Resource Center do Johns Hopkins University & Medicine mostram que 3,932 milhões de pessoas contraíram o coronavírus – sendo 1,282 milhão apenas nos Estados Unidos. O número de vítimas fatais chega a 274.422, enquanto 1,313 milhão de pessoas conseguiram se recuperar.

 

Leia Também
Imperial College: Brasil está no início da pandemia e deve ser mais “rigoroso” no isolamento
Brasil só perde para EUA e Rússia em casos novos de COVID-19
Doria não descarta lockdown em São Paulo
Pesquisadores estimam haver mais de 1,6 milhão de casos de COVID-19 no Brasil
GGN revisita a trajetória de Moro em projeto inédito. Saiba mais aqui

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora