Coronavírus: São Paulo pede mais de R$ 500 milhões ao Banco Mundial

Estado solicita verba para novos leitos de UTI e compra de testes; governo estadual projeta 220 mil casos

Foto: Reprodução/Agência Brasil

Jornal GGN – Enquanto o governo federal tenta fazer acreditar que o coronavírus não é algo tão grave, os governos estaduais estão se mobilizando para estruturar sua rede hospitalar para gerenciar o eventual pico da pandemia.

Um dos principais contestadores do posicionamento de Jair Bolsonaro, o governo de São Paulo prepara um empréstimo de US$ 100 milhões (valor que supera R$ 500 milhões) ao Banco Mundial para estruturar ações de combate à doença.

Segundo informações do jornal O Estado de São Paulo, o principal foco do projeto é a instalação e o custeio de, pelo menos, 500 novos leitos de UTI, além de ressarcir os gastos já feitos contra o vírus.  A ideia também é aplicar o recurso na compra de testes de diagnóstico, e no desenvolvimento de tecnologia de telemedicina e de aplicativos para dispositivos móveis.

A contrapartida para o governo é de US$ 25 milhões, ou seja, no total, o projeto é de cerca de US$ 125 milhões (mais de R$ 625 milhões). O governo de João Doria (PSDB) espera ter o recurso em mãos em cerca de dois meses.

São Paulo é o epicentro da pandemia no Brasil: dados divulgados neste sábado mostram que o Estado tem 4.466 casos e 260 óbitos, e a região ainda acumula 48% das hospitalizações por síndrome aguda respiratória grave (SARG) do País neste ano.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Os dados da pandemia que confortam o governo de São Paulo no plano de retomada

2 comentários

  1. Dória está num atoleiro que criou com Bruno Covas, quando os dois medíocres liberaram o Carnaval das Multidões, em plena Epidemia que se alastrava pelo Mundo. Agora, além de produzir tais números desta doença no estado de São Paulo, ainda irá endividar estado e cidade por mais um ato de irresponsabilidades, crime e incompetência. Nada que seja diferente destes 40 anos de Tucanistão. Leptospirose, Hepatite, Zica, Dengue Hemorrágica, Raiva Humana, Leschmaniose, Febre Amarela Urbana nos lembram de tamanha mediocridade administrativa.

  2. Até na desgraça pública pensando em desviar dinheiro para cofres publicos, e a população quê está doente e desempregados, e tem é que se preparar para deixar o governo bando de incompetentes e irresponsáveis,

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome