Coronavírus: total de doses projetadas para maio é 31% menor

Cronograma divulgado pelo Ministério da Saúde indica que país deve receber 32,4 milhões de doses; projeção anterior era de 46,9 milhões

Reprodução

Jornal GGN – O Ministério da Saúde reduziu em 31% o total de doses de imunizantes contra a covid-19 que serão entregues ao país durante o mês de maio.

Ao todo, o país deve receber 32,4 milhões de doses no próximo mês, abaixo dos 46,9 milhões projetados e divulgados pela pasta em março. Desse total, serão 21,5 milhões de doses da Fiocruz (AztraZeneca-Osford) , e 5,6 milhões da vacina Butantan (Sinovac). Também serão entregues imunizantes por intermédio do consórcio Covax Facility (2 milhões de doses da AstraZeneca e 842,4 mil doses da Pfizer) e 2,5 milhões de doses da vacina da Pfizer (BioNTech).

A projeção para o terceiro trimestre (julho a setembro) considera a entrega de 162,8 milhões de doses (ante 189,6 milhões no calendário de março). No quarto trimestre (outubro a dezembro), espera-se o desembarque de 210 milhões de doses (eram 167,3 milhões no calendário divulgado em março).

Segundo informações do portal G1, a justificativa apresentada pelo secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Otávio Moreira da Cruz, para tais cortes envolve a falta de licenciamento de vacinas já encomendadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) – no caso, as vacinas Covaxin (produzida pelo laboratório indiano Bharat Biotech) e a Sputnik V.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora