Coronavírus: Trump diz que Brasil enfrenta “surto sério” e pode proibir ingresso de voos brasileiros nos EUA

Presidente americano também afirmou que cenário brasileiro é reflexo da posição contrária do Brasil em relação a outros países da América

Donald Trump | Foto: Julien de Rosa/EPA/Agência Lusa/Arquivo

Jornal GGN – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta terça-feira, 28 de abril, que pode proibir a entrada de voos de países latino-americanos no país e que tem observado o “surto sério” do novo coronavírus no Brasil. 

Durante um encontro com o governador da Flórida, Ron DeSantis, na Casa Branca, o presidente americano disse que está acompanhando “de perto” a situação brasileira e que o cenário atual é reflexo da posição contrária do Brasil em relação a outros países latino-americanos. 

“O Brasil tem um surto sério, como vocês sabem. Eles também foram em outra direção que outros países da América do Sul, se você olhar os dados, vai ver o que aconteceu infelizmente com o Brasil”, disse Trump.

Além disso, durante fala do governador da Flórida sobre uma possível suspensão de voos entre cidades americanas e Brasil, Trump explicitou para DeSantis que “se precisar [interromper voos], nos avise”.

As falas de Trump vão na contramão da posição brasileira em relação os EUA. Apesar do número alarmante de casos no país norte-americano, que soma mais de um milhão de infectados e 57,2 mil mortes, o governo de Bolsonaro tem dado passagem livre para o ingresso de passageiros vindos de terras norte-americanas. 

Com informações do G1.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora