Coronavírus: Vacinação no Chile deve começar na próxima semana

Governo de Sebastián Piñera aprovou a compra da vacina da Pfizer/BioNTech e aguarda a chegada de uma primeira remessa com 20 mil doses

Foto: Reprodução

Jornal GGN – O Chile deve começar sua campanha nacional de vacinação contra a covid-19 na próxima semana, segundo anúncio realizado pelo presidente Sebastián Piñera.

“Esperamos iniciar o processo de vacinação no Chile na próxima semana e vamos começar com as pessoas que estão na linha de frente, nas unidades críticas, atendendo os pacientes críticos”, disse Piñera à imprensa, segundo informações do jornal Correio Braziliense a partir de dados da France Presse.

O governo aprovou a vacina da Pfizer/BioNTech na última quarta-feira, e aguarda uma remessa inicial de 20 mil doses para começar a vacinação, no momento em que o total de contágios no país subiu 22% em duas semanas.

Ao todo, 9.875 pessoas irão tomar duas doses da vacina na primeira etapa da campanha, segundo entrevista do ministro da Saúde, Enrique Paris, ao jornal La Tercera. O governo chileno espera vacinar cinco milhões de pessoas da população de mais risco (idosos, profissionais da saúde e portadores de doenças crônicas) ainda no primeiro trimestre de 2021.

 

Leia Também
Coronavírus: Nicette Bruno morre aos 87 anos
Coronavírus: mutação está ‘fora de controle’ no Reino Unido
Coronavírus: Paes e Doria fecham termo de cooperação para compra da Coronavac
Repressão chilena com jeitinho brasileiro

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador