Credibilidade da Polícia Federal foi atingida, diz Federação sobre vazamento do caso Queiroz

"Não há espírito de corpo capaz de justificar a defesa de quem não se adeque aos princípios da ética e da moralidade", afirma Federação sobre agente que vazou informação a Flávio Bolsonaro

Jornal GGN – A Federação Nacional dos Policiais Federais divulgou nota à imprensa nesta segunda (18) afirmando que o vazamento de informações sobre Fabrício Queiroz e o adiamento da Operação Furna da Onça, em plena corrida presidencial de 2018, são fatos que atingem a credibilidade da corporação e precisam ser apurados.

Confira a nota abaixo:

“As declarações do empresário Paulo Marinho à jornalista Mônica Bergamo, publicadas pela Folha de S.Paulo no último sábado (16), atingem a Polícia Federal em seus pilares mais sagrados: a correção e a idoneidade. A suspeita de que um delegado possa ter vazado informações confidenciais sobre uma operação e, pior, de que o início dessa mesma operação tenha sido adiado, para beneficiar quem quer que seja, atinge a credibilidade de uma instituição tida como uma das mais sérias do País.
O respeito que os brasileiros depositam na Polícia Federal tem relação direta com algo que a corporação aprendeu a fazer ao longo dos anos: cortar na própria carne. Não há espírito de corpo capaz de justificar a defesa de quem não se adeque aos princípios da ética e da moralidade ou não cumpra a Lei.
Por acreditar e defender esses princípios, a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) pede uma investigação rigorosa das denúncias, para que não paire qualquer dúvida sobre a correção da corporação que defendemos todos os dias, arriscando nossas vidas e, neste momento de pandemia, nossa saúde e a de nossos familiares.”

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Fora de Pauta

13 comentários

  1. Aonde esteve essa preocupação com a credibilidade da polícia federal quando a mesma humilhou Lula de todas as formas possíveis?

    Patético…

    26
  2. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK. São pândegas do soldalício: afnal, durante toda a dita lava-jato nunca se preocuparam com as tantas maracutaias perpetradas com as determinações desMoronadas: sempre foram guris de recado do embestado juízeco e dos desprocuradores. E agora vem com esse mimimi? Vão se catar.

    18
  3. Já que o investigador vai ser o mesmo que puniu o delegado Fanton providenciem o japonês da federal para fazer a coercitiva. E usem as mesmas viaturas adesivadas que foram usadas nos protestos contra a Dilma. Policia Politica é o que são. Quem é de esquerda no Brasil tem o “direito” de pagar impostos para sustentar uma Policia Federal e um Judiciário que protege tucano e elege miliciano.

    13
    • Falou tudo, a PF nao tem credibilidade desde que votaram jagunços da Máfia de Curitiba, passaram a investigar exclusivamente Lula, a família, o PT. Agiram ora tirar o PT, e colocar este desastre que aí está. Vocês também são responsáveis por muitas vidas ceifadas!.

  4. É por causa desse tipo de maracutaia que o Bolsoburro tenta fazer da PF sua segurança particular, bem como segurança privada dos seus filhos e amigos.
    PF, olheira das milicias

    • Passar informações a investigados ou interessados sempre foi e é o procedimento padrão das polícias. Informação é poder e informação sigilosa é poder elevado a infinito e agentes e delegados sempre manipulada isso descaradamente. É a tradição é modus operandi. As policias sempre tiveram e tem lado o lado da grana.

  5. “diga-me com quem andas e eu te direi quem tu és“ — ditado popular

    Nassif: fato notório os sabujos da PoliciaFederal atual corresponde ao perfil desenhado no governo do MeliantePrincipeParisiense. MarcioTomasBastos, no governo do SapoBarbudo, com todo esforço de reestruturação, pouco conseguiu mudar na pocilga. Cardosin dispensa comentário e o MinistroKojak (do Çupremu) foi mera figuração. Portanto, o órgão parece virou um bando institucional que investiga e, quando lhe interessa, prende aqueles que atrapalham os planos traçados por determinados mandantes, dentre os tais os VerdeSauvas. São imagem e semelhança do idealizador que, ainda, do seu escritório na Catalunha (pegado à Telefonica), dita ordens de ação. Parece a presidência da república, que gorinha simboliza a ação da caserna na administração pública de Pindorama…

  6. Não se recupera credibilidade apenas com palavras…
    se a realidade que temos operante e noticiada é a de vários bandidos se dando bem pela má conduta de um policial federal, sinal de que para cada um que sai, entram ou ficam dez ou mais

    Sinal também de que a má conduta de um pode estar espelhando a de todos, pois não é com a má conduta de um que se perde a credibilidade; é com a má conduta de grupos

  7. Comprei umas nectarinas no mercado, adoro nectarina, estavam bonitas por fora, mas ao comê-las notei que a parte interna estava escura, mole, joguei-as. Esta é a PF que temos,”por fora bela viola, por dentro, pão bolorento”.

  8. A credibilidade já era por causa da adesão bobalhona aa boçalidade e aa mentira. O vazamento, a carteirada, etc, são meras consequências do besteirol ideológico.

  9. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome