Crime, castigo e premiação: Lula x Trump

Há anos MPF, Justiça Federal e PF perseguem Lula porque ele fez a Petrobras contratar as empreiteiras brasileiras. O suposto crime dele chegou a ser investigado nos EUA.

Antes de tomar posse Trump anunciou que quer destinar 1 trilhões de dólares para a infra-estrutura. Na mesma semana, sob o comando do idiota que faliu a Sadia aplicando dinheiro da empresa no mercado financeiro norte-americano, a Petrobras de Temer diz que desinvestirá 15 bilhões no Brasil. A imprensa aplaude Michel Temer e se recusa a condenar os investimentos em infra-estrutura de Trump.

As consequencias das ações de um e de outro são evidentes. O presidente norte-americano eleito quer dar emprego e renda aos seus conterrâneos. O usurpador brasileiro quer fazer os trabalhadores passar fome no Brasil.

Um efeito indesejado do protecionismo de Trump. O circo da Lava Jato acabou de implodir. E agora nem a imprensa conseguirá salvar as aparências.

MPF, Justiça Federal e PF perseguirão Trump porque ele quer dar lucro aos empreiteiros dos EUA? No que a conduta de Trump difere da de Lula? Qual o verdadeiro motivo de Lula ser esculachado pela imprensa por ter beneficiado empresários brasileiros? Quais são os interesses que as empresas de comunicação defendem no Brasil?

Desde tempos imemoriais a traição é um crime infamante. Em tempo de guerra sempre acarretou a morte do traidor. Nem mesmo o Brasil deixa de adotar esta regra:

Art. 355. Tomar o nacional armas contra o Brasil ou Estado aliado, ou prestar serviços nas forças armadas de nação em guerra contra o Brasil:

Pena – morte, grau máximo; reclusão, de vinte anos, grau mínimo.

Lula é tratado como traidor A que país o ex-presidente traiu? O Brasil ou os EUA? A quem MPF, Justiça Federal e PF servirão perseguindo Lula e deixando de processar Trump por beneficiar empreiteiros norte-americanos nos EUA? Estas, meus caros, são questões que as Forças Armadas devem responder.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome