Cuidado: Cães de Bolsonaro à solta…

“Ela estava com quatro ou cinco homens em frente ao bar. E daí eu comecei a ouvir gritos, uma discussão, uma briga. Chamavam ela de vários nomes, agressões verbais, e gritavam ‘Bolsonaro’”, disse a dona de um bar próximo, que preferiu não se identificar.
 
A Polícia Civil ainda tenta localizar os suspeitos.
 
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Xadrez do novo período, em que Bolsonaro não mais governa, por Luis Nassif

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome