…da criação de uma ficção no mundo-matrix chamado Brasil…

…da criação de uma peça de ficção no mundo-matrix chamado Brasil…
.
Num mundo normal, a peça de ficção criada pelo Ministério Público Federal visando não apenas a condenação e a prisão de Lula, mas a destruição de sua imagem como o maior estadista do Brasil de todos os tempos, levaria à desmoralização completa dos procuradores, do juiz que perdeu tanto tempo com uma acusação tão farsesca, provavelmente, com a demissão sumária e punição de todos os envolvidos, tamanho o absurdo, o nonsense, a mediocridade, a quebra de todos os parâmetros não só da legalidade, mas das premissas fundamentais do Direito, bem como do exercício digno da profissão abraçada por esses agentes públicos ordinários.
.
Mas não somos mais um “mundo normal”, em nosso país. Há tempos adoecemos, fomos FRATURADOS, divididos em campos de GUERRA, onde parte da sociedade foi adestrada aos preconceitos mais perversos, o fanatismo mais radical, o ódio mais intenso…. Aproximamo-nos do sul dos EUA nos anos 60, do nazismo dos anos 30 na Alemanha, onde líderes e grupos sociais eram SATANIZADOS e apontados pela publicidade oficial como “os inimigos da pátria”, os serem em quem se podia cuspir, agredir, prender, sem justificativas mais fortes, que o desejo da sociedade em PARTICIPAR como cúmplice, desse MASSACRE ao “inimigo”.
.
Na eleição de 2014, vi e ouvi, pessoalmente e nas redes sociais, de milhares de pessoas, frases do tipo: “Vou votar de qualquer maneira, quero TIRAR ESSA MULHER DO PODER….” – os eleitores de Aécio, já banhados no NOJO de Dilma, como um reflexo de seu NOJO de Lula, e logo depois a repetição desse SENTIMENTO, nas marchas a favor do GOLPE, a lava jato dominando a sociedade, incitando o gosto por SANGUE, a comemoração pelas prisões, as delações, o desejo pela prisão de Lula, era uma questão de tempo…..
.
Porque Moro recuou naquela ocasião, se por medo ou outro motivo, talvez nunca saibamos, mas o fato é que as cobranças da GLOBO, da sociedade enferma seguem, e Moro provavelmente seguirá seu instinto, seu ódio, sua farsa, condenando SEM PROVAS, o “Satanás-mor” da nação fanatizada e reduzida a isso que presenciamos ao longo dos últimos três anos.
.
Li as primeiras dez, doze páginas das alegações finais do MPF….. é estarrecedor! TUDO se baseia na verdade, numa CRENÇA dos procuradores, numa “FÉ”, não em provas.
.
As frases se repetem num tom monocórdico, MALIGNO, onde toda a premissa se fundamenta na MOTIVAÇÃO de Lula, e aí reside todo o HORROR desse evento vexaminoso, acanalhado, que representará uma mancha indelével na instituição, no Brasil em si enquanto Estado de Direito,
.
Resumindo aos amigos, leiam para confirmar, TUDO se resume a UMA coisa: “Lula indicou PROPOSITALMENTE, DE MODO CONSCIENTE, corruptos, que ELE SABIA DE ANTEMÃO BANDIDOS, para que roubassem dinheiro da Petrobrás para enriquecerem a si mesmos, ao próprio Lula (através do triplex e o dinheiro da guarda dos presentes recebidos enquanto presidente (sic….) e os políticos envolvidos dos partidos aliados….
Ou seja, uma MENTE CRIMINOSA, que LIDEROU de modo sistemático a corrupção na PETROBRÁS e outros instituições públicas, visando o fruto desse roubo e a perpetuação do poder nas mãos do PT…….
.
Nem entro no fato mais óbvio, do patético dessa acusação, que vai na contramão da apreensão de Lula enquanto estadista e transformador das relações sociais em nosso país, reconhecido no mundo inteiro, pelos maiores estadistas e intelectuais do planeta, todos equivocados. Não entro no mérito de Lula ser tão desprovido de inteligência, que teria ampliado os poderes do MPF e da Polícia Federal, ampliando seus poderes, dando-lhes AUTONOMIA, como nenhum presidente fez antes dele, PARA SER PEGO, ciente de seus crimes cometidos…..
A farsa não se sustenta, não apenas por esses motivos óbvios, mas por falta de provas, falta de motivação, falta de coerência, de um chefe de quadrilha armar um esquema tão portentoso, para lucrar um triplex vagabundo para os padrões dessa turma da Petrobrás, e uma reforma num sítio idem…. Ambos, propriedades que jamais foram dele.
A LÓGICA não bate com a primária acusação do MPF…..
.
Estamos diante do maior caso de perseguição massacrante a um indivíduo, PELAS IMPRESSÕES PRÉ-DETERMINADAS que um grupo de procuradores, a quem foi dado TODO O PODER, têm em relação ao seu alvo POLÍTICO!
.
É como se um BRAÇO tucano nas instituições definisse o futuro de Lula – a miséria absoluta, a indignidade absoluta, onde só poderia haver isenção, seriedade, amor à justiça, à verdade, sempre baseados nos FATOS, não nas “sensações” que se carrega na alma a respeito do cidadão, seja este quem for.
.
É o MUNDO-MATRIX assumindo o lugar da realidade, a distorção dos fatos, dos eventos, RECRIADOS à luz imunda e imoral da “convicção íntima” do procurador, do agente público.
.
A peça de ficção montada por essa turma é das coisas mais vergonhosas que já vi. É o fim definitivo do Estado de Direito no Brasil. É uma infâmia e uma ação ordinária em todos os sentidos. É mergulhar o Brasil no esgoto do fascismo.
.
(eduardo ramos)

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora