Decisão do TJ deve render extra de até 100 mil reais para desembargadores paulistas

Para críticos, os gastos com a medida em meio à pandemia do coronavírus não é necessário, uma vez que os magistrados “ganharão bônus para exercer a função básica dos cargos”

Palácio da Justiça, sede do TJ-SP. | Foto: Divulgação

Jornal GGN – O Tribunal de Justiça de São Paulo deve criar pelo menos 19 Câmaras Extraordinárias para acelerar 120 mil processos pendentes de julgamento e a medida deve render um extra de até R$ 100 mil para cada desembargador que fizer parte da ação. As informações são da coluna Painel, da Folha de S. Paulo. 

De acordo com a decisão, cada desembargador das seções de Direito Público ou Privado, no mínimo três em cada, receberá até 600 processos. Sendo assim, os magistrados devem ganhar até 85 dias de compensação, o que, convertendo em dinheiro, renderia cerca de R$ 100 mil. Já nas seções criminais serão distribuídos até 400 processos.

Segundo a reportagem de Folha, o salário dos desembargadores paulistas é de R$ 35.462,22, mas com os benefícios pode chegar até R$ 56 mil. Esses profissionais de São Paulo estão entre os servidores públicos mais bem remunerados do país. 

Para os críticos da medida, os gastos com a criação das Câmaras em meio à pandemia do novo coronavírus não é necessário, uma vez  que os magistrados “ganharão bônus para exercer a função básica dos cargos”. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Pela primeira vez em 60 anos, BID será presidido por norte-americano

3 comentários

  1. Criando dificuldade para obter facilidade. Certamente eram processos que a lentidão do judiciário e juízes não conseguiu dar conta de julgar e agora tem que pagar um extra para adiantar o serviço. Em muitas outra categorias profissionais quando não se alcança a meta o que há punição como advertências e demissões já no nosso valoro$o judiciário…

    • Mas isso não é observado para os servidores comuns, os oficiais de justiça federal de são paulo, por exemplo tem as férias canceladas se não estiverem com o serviço em dia……

  2. Estado Ditatorial Caudilhista Absolutista Assassino Esquerdopata Fascista. Mas pode chamar de Redemocracia. Mas pode chamar de Constituição Cidadã. Mas pode chamar de NecroPolítica. Pobre país rico. Quem é a Elite neste país. Os Braços Criminosos em cumplicidade com OAB. Falta dinheiro para que? Falta dinheiro para quem? Mas de muito fácil explicação.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome