Demissão de coordenadora gera debandada no Inep

Por exigência do ministro Milton Ribeiro, Sueli Macedo Silveira foi demitida de cargo que ocupava desde 2016

Prédio do Ministério da Educação

Jornal GGN – A ordem do ministro da Educação, o pastor e professor Milton Ribeiro, de exonerar a coordenadora-geral de Avaliação dos Cursos de Graduação e Instituições de Ensino Superior do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Sueli Macedo Silveira, levou a uma debandada de servidores da instituição.

Segundo o jornal O Globo, os subordinados diretos de Sueli, que ocupavam cargos comissionados, começaram a pedir para deixar o setor. Até o momento, quatro pessoas colocaram os cargos à disposição por não concordarem com a demissão da pedagoga, servidora de carreira que estava no setor de avaliação desde 2008 e que assumiu a coordenação da área oito anos depois.

A exoneração de Sueli foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) nesta quarta-feira (28). No lugar dela, assume a médica veterinária Helena Cristina Carneiro Cavalcanti de Albuquerque.

As mudanças conduzidas na gestão e atuação do Inep atingem uma área especialmente sensível para os interesses de Ribeiro – o setor ocupado por Sueli é responsável por avaliar as instituições de ensino superior do Brasil, além de credenciar e reconhecer cursos de graduação.

Além disso, o setor de avaliação dos cursos também pode trocar a ordem das avaliações e os avaliadores das instituições, o que atende aos interesses do ministro da Educação no que se refere a mudar as regras de avaliação das universidades particulares.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora