Desembargador nega recursos, e Cristiane Brasil segue presa

Filha de Roberto Jefferson está detida desde 11 de setembro, por suspeita de participar de esquema que desviou até R$ 120 milhões no governo do RJ

Cristiane Brasil e o pai, Roberto Jefferson. Foto: Reprodução/Antonio Augusto

Jornal GGN – O presidente do TJRJ (Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro), desembargador Claudio de Mello Tavares, negou neste domingo (20) os pedidos de relaxamento, revogação, substituição e conversão da prisão preventiva da ex-deputada e pré-candidata à prefeitura do Rio de Janeiro Cristiane Brasil.

A decisão foi divulgada neste domingo (20/09), segundo informações do portal UOL. A filha de Roberto Jefferson (presidente nacional do PTB) está presa desde 11 de setembro por suspeitas de integrar um esquema de desvios de até R$ 120 milhões no governo do Rio de Janeiro e na prefeitura da capital.

A defesa de Cristiane Brasil afirmou que ela está em acompanhamento psiquiátrico desde fevereiro de 2018, foi diagnosticada com “transtorno misto depressivo ansioso” e usa diariamente três medicamentos. OS advogados também apontaram a prisão como de caráter político, por ela ser pré-candidata à prefeitura do Rio.

Contudo, o presidente do TJRJ afirmou que “a candidatura de cidadão, de per si, não lhe confere imunidade material ou formal. Registre-se de pronto que a ação de Habeas Corpus não é o meio próprio para se discutir provas constantes dos autos”.

 

 

Leia Também
Núcleos afro se unem contra ‘falsos negros’ por cota eleitoral
Russomanno se diz mais maduro, mas tem Bolsonaro como incógnita
Transparência dos partidos políticos segue como tabu
Pré-candidato militar é alvo de sindicância por criticar Bolsonaro

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Ex-secretário de Saúde do RJ tem bens bloqueados

4 comentários

  1. Conclui-se que é muito difícil reverter uma preventiva baseada em provas…
    e considerando que um dos fatores mais agravantes das desordens mentais múltiplas é a incapacidade de suprir necessidades básicas, geralmente por dificuldades financeiras, fico imaginando o número de pessoas inocentes e necessitadas, jovens e idosas, que devem estar sofrendo este mesmo tipo de transtorno por terem ficado sem a assistência adequada

    longe de entrar no mérito, lembrei do que diz um dos “ensinamentos” da crucificação:
    …bem…….deixa pra lá! como até hoje não aprenderam, colocar pra quê? que cada um conclua

  2. Bem, ela aproveite bem estes momentos singulares de descanso no xilindró, para fazer uma séria introspecção, e refletir sobre seus atos, sobre tudo o que fez de bom e de ruim em sua vida, e daí chegar a conclusão se vale a pena continuar sendo um lixo humano, roubando o erário publico, que é na verdade o dinheiro dos contribuintes, ou se será melhor se consertar e dar por encerrada a sua vida de bandida politica, tal qual o papai. Quando vejo as fotos do papai Jeff, com todo aquele sorriso orgulhoso no rosto por ter uma filha igualzinha a ele no quesito vagabundagem e malandragem, é de me sentir enojado. Quanto lixo humano ainda existe neste planeta. Defeitos todos nós temos, mas deste tipo especifico, somente alguns poucos.

  3. “A defesa de Cristiane Brasil afirmou que ela está em acompanhamento psiquiátrico desde fevereiro de 2018, foi diagnosticada com “transtorno misto depressivo ansioso” e usa diariamente três medicamentos.”.
    Mas pode ser prefeita !?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome